COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Terrestre

29 de Maio, 2020 - 13:30 ( Brasília )

Arsenais de Guerra empenhados no combate à COVID-19, sob coordenação da Diretoria de Fabricação


A Diretoria de Fabricação (DF), órgão subordinado ao Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT), tem por finalidade coordenar e controlar as atividades relativas à fabricação, revitalização, repotencialização, modernização e nacionalização de Material de Emprego Militar (MEM), por intermédio de suas Organizações Militares Diretamente Subordinadas Fabris: Arsenal de Guerra do Rio (AGR), Arsenal de Guerra de São Paulo (AGSP) e Arsenal de Guerra General Câmara (AGGC), constituindo o Sistema de Fabricação do Exército (SisFab).

O SisFab, diante do cenário atual causado pela COVID-19, vem desenvolvendo ações para o enfrentamento desse novo inimigo, como a fabricação de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), em especial máscaras de proteção respiratória descartáveis não cirúrgicas, protetores faciais do tipo "Face Shield" e apoio com consultoria técnica ao Laboratório Químico Farmacêutico do Exército (LQFEx), para a produção de álcool em gel.

A DF, além de suas atribuições específicas no planejamento estratégico para a produção de variados tipos de EPI por parte de suas Organizações Militares Subordinadas, está apoiando, a partir de ações desenvolvidas pelo seu corpo técnico, a implementação de novos processos industriais que possibilitem ao LQFEx adequar as instalações de fabricação de álcool em gel. Desse modo, fornece maior confiabilidade aos sistemas produtivos, além de maior segurança fabril, vislumbrando o aumento de sua capacidade de produção. Toda produção, sob a orientação do Comando Conjunto Leste, está sendo distribuída as Unidades Militares, bem como a diversos hospitais da rede pública de saúde, para atendimento de suas demandas e da população em geral, aumentando a proteção do público interno e dos profissionais de saúde. Além disso, a DF interagiu com fabricantes nacionais de insumos para a fabricação de álcool em gel, garantindo a continuidade da produção diante do aumento da demanda.

Nesse contexto, as máscaras descartáveis estão sendo produzidas tanto pelo AGSP quanto pelo AGR, em perfeita sinergia para o êxito da produção. Com relação ao AGGC, as ações encontram-se na fase de projeto, adequação das instalações, capacitação de pessoal e aquisições de insumos e equipamentos.

O AGR, cumprindo as diretrizes da DF relativas à produção de EPI, está produzindo máscaras de proteção respiratória descartáveis não cirúrgicas, a partir de insumos fornecidos pelo AGSP e também vem produzindo protetores faciais do tipo "Face Shield", a partir de aporte financeiro doado pela Associação dos Ex-Alunos do Instituto Militar de Engenharia (Alumni - IME), visando a aquisição de insumos. Esses EPI estão sendo produzidos pela Divisão Industrial (DI) do Arsenal, que ficou encarregada de projetar e fabricar protetores faciais do tipo "Face Shield", com o apoio de diversas seções da referida Divisão. Já foram entregues vários lotes dos itens produzidos a diversos hospitais, tais como: Hospital Antônio Pedro, da UFF, Hospital Florentino Fraga Filho, da UFRJ, Hospital Graffée Guinle, da UNIRIO, Hospital Federal do Andaraí, Hospital Central do Exército (HCE), além de diversas Organizações Militares do Exército.

Tendo a produção iniciado há menos de dois meses, o quantitativo de EPI produzido e entregue é de extrema relevância, pois corrobora o êxito alcançado nos planejamentos. Ao longo do período, o AGR contabiliza a produção de mais de 4.500 mil máscaras de proteção respiratória descartáveis não cirúrgicas e mais de 500 protetores faciais do tipo "Face Shield". No que se refere à fabricação do AGSP, já foram produzidas cerca de 14.000 mil máscaras descartáveis e realizadas diversas doações para as Organizações Militares Diretamente Subordinadas ao Comando Militar do Sudeste (CMSE).

Diante dos esforços despendidos, o Sistema de Fabricação, formado pela Diretoria de Fabricação e os Arsenais de Guerra, está imbuído no real esforço de guerra para apoiar toda a sociedade no combate à COVID-19, consubstanciando o lema do Exército Brasileiro: "Braço Forte - Mão Amiga!".


VEJA MAIS