COBERTURA ESPECIAL - Modernização FAB - Aviação

19 de Maio, 2020 - 17:20 ( Brasília )

CISCEA e ATECH realizam teste de aceitação em fábrica 100% remoto

Formato usado para a verificação de nova versão do SAGITARIO reuniu mais de 30 pessoas online, com participação da CISCEA, DECEA, ICEA, dos quatro CINDACTAs e da empresa ATECH


 1° Tenente Relações Públicas Camille Barroso
CISCEA
Rossi Comunicação

ATECH

Em tempos de pandemia, a Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA), encontrou uma forma inovadora de dar continuidade às suas atividades e manter o cronograma dos projetos previstos para este ano, minimizando os impactos nos compromissos contratuais pré-estabelecidos. 

 Pela primeira vez, a CISCEA conduziu o evento de FAT (Teste de Aceitação em Fábrica, do inglês Factory Acceptance Testing) do SAGITARIO (Sistema Avançado de Gerenciamento de Informações de Tráfego Aéreo e Relatórios de Interesse Operacional) inteiramente remoto. O evento de testes tem como objetivo garantir a qualidade e eficácia das novas funcionalidades do Sistema através de um ambiente simulado, retratando o cenário mais fidedigno possível da realidade operacional. O SAGITARIO é um Sistema que passa por constantes atualizações, para aperfeiçoamento de suas funcionalidades e melhorias, com intuito de adaptar-se às características específicas de cada Centro, mantendo-se sempre compatível com todos os demais sistemas integrados e implantados no Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB).

O evento contou com mais de 30 colaboradores reunidos, em tempo real e virtualmente, para a realização dos testes. Além da CISCEA e do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) no Rio de Janeiro, participaram os quatro Centros Integrados de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTAs I, II, III e IV, Brasília, Curitiba, Recife e Manaus, respectivamente) e o Instituto de Controle de Espaço Aéreo (ICEA) e a empresa Atech, em São Paulo.

Foram executados testes e verificações de novas funcionalidades no SAGITARIO relativas ao projeto do CPDLC Continental (Controller Pilot Data Link Communications), tecnologia que permite o envio de mensagens de texto pré-formatadas como uma alternativa às comunicações de voz, atualmente existentes, com aumento da segurança e redução da carga de trabalho do controlador de tráfego aéreo. Os testes foram aprovados e todos os documentos foram assinados eletronicamente.

Participaram do encontro profissionais das especialidades de controle de tráfego aéreo, informações aeronáuticas, engenheiros, analistas de sistemas, especialistas em radar e planos de voo e técnicos em teste de software e controle de qualidade.

Para o Presidente da CISCEA, Brigadeiro do Ar Sérgio Rodrigues Pereira Bastos Junior, “as restrições impostas pela pandemia da COVID-19 demandaram de nossos gestores e técnicos procedimentos alternativos que, dentro de critérios de segurança, permitissem a continuidade das atividades contratuais, minimizando assim os impactos nos desenvolvimentos em andamento”.

Esta foi uma entrega que trouxe inovação em seu formato e exigiu um nível de superação, tanto da CISCEA quanto da Atech, empresa parceira no desenvolvimento do SAGITARIO.

"Embora o novo formato dos testes tenha sido um grande desafio para a ATECH, o momento exigiu que fossemos mais flexíveis e criativos para superarmos os desafios do isolamento social. A experiência superou nossas expectativas e pensamos que, no futuro, faremos as entregas de forma mista, tanto presencial quanto remota", destaca Marcos Resende, Diretor de Negócios de ATM da ATECH.

O próximo passo será a avaliação e análise de outros eventos contratuais que possam se utilizar deste mesmo formato para sua execução.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Nota Covid DN

Nota Covid DN

Última atualização 13 JUL, 15:30

MAIS LIDAS

Modernização FAB

6