COBERTURA ESPECIAL - Dossiê EMBRAER - Aviação

25 de Abril, 2020 - 14:30 ( Brasília )

Embraer afirma que Boeing rescindiu indevidamente o Acordo Global da Operação (MTA)

Inclui vídeo com declaração do CEO Francisco Gomes Neto

 

Matérias Relacionadas

Nota Embraer: Boeing rescindiu indevidamente o Acordo Global da Operação (MTA) Link

Embraer says that Boeing wrongfully terminated the Master Transaction Agreement Link

Boeing desiste de comprar área de aviação comercial da Embraer OESP 25 Março 2020 Link

Nota Boeing - Boeing rescinde acordo para estabelecer joint ventures com Embraer Link


Boeing Statement - Boeing Terminates Agreement to Establish Joint Ventures with Embraer Link

O Editor






Embraer afirma que Boeing rescindiu indevidamente o Acordo Global da Operação (MTA)


São José dos Campos, 25 de abril de 2020 – A Embraer acredita firmemente que a Boeing rescindiu indevidamente o Acordo Global da Operação (MTA) e fabricou falsas alegações como pretexto para tentar evitar seus compromissos de fechar a transação e pagar à Embraer o preço de compra de U$ 4,2 bilhões. A empresa acredita que a Boeing adotou um padrão sistemático de atraso e violações repetidas ao MTA, devido à falta de vontade em concluir a transação, sua condição financeira, ao 737 MAX e outros problemas comerciais e de reputação.

A Embraer acredita que está em total conformidade com suas obrigações previstas no MTA e que cumpriu todas as condições necessárias previstas até 24 de abril de 2020.

A empresa buscará todas as medidas cabíveis contra a Boeing pelos danos sofridos como resultado do cancelamento indevido e da violação do MTA.

A Embraer se mantém uma empresa bem-sucedida, eficiente, diversificada e verticalmente integrada, com histórico de sucesso no atendimento a clientes com produtos e serviços, construídos em uma base sólida de recursos industriais e de engenharia. A empresa é uma exportadora e desenvolvedora de tecnologia, com atuação global em aviação de defesa, executiva e comercial.

Nossos funcionários continuarão a oferecer com muito orgulho aos nossos clientes produtos e serviços de alta qualidade dos quais dependem da Embraer, todos os dias.

Nossa história de mais de 50 anos está alinhada com muitas vitórias, mas também com alguns momentos difíceis. Todos eles foram superados. E é exatamente isso que vamos fazer novamente. Superar esses desafios com força e determinação.

Sobre a Embraer

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer completa 50 anos de atuação nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança, Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.




 


Declaração EMBRAER CEO Francisco Gomes Neto

Embraer says that Boeing wrongfully terminated the Master Transaction Agreement

 

São José dos Campos, Brazil, April 25, 2020 – Embraer announced today that it is in receipt of Boeing's notice of termination of the Master Transaction Agreement (MTA) with Embraer.

 Embraer believes strongly that Boeing has wrongfully terminated the MTA, that it has manufactured false claims as a pretext to seek to avoid its commitments to close the transaction and pay Embraer the US$4.2 billion purchase price. We believe Boeing has engaged in a systematic pattern of delay and repeated violations of the MTA, because of its unwillingness to complete the transaction in light of its own financial condition and 737 MAX and other business and reputational problems.

Embraer believes it is in full compliance with its obligations under the MTA and that it has satisfied all conditions required to be accomplished by April 24, 2020.

 Embraer will pursue all remedies against Boeing for the damages incurred by Embraer as a result of Boeing's wrongful termination and violation of the MTA.

 Embraer remains today a successful, efficient, diversified and vertically integrated company, with a history of serving customers with highly successful products and services built on a strong foundation of engineering and industrial capabilities. Embraer is an exporter and technology developer, with global presence and defense, executive and commercial businesses. Our employees will proudly continue to provide for our clients the high quality products and services they depend on from Embraer every day.

 Our history of over 50 years is lined with many victories but also some difficult moments. All of them were overcome. And that’s exactly what we are going to do again. Overcome these challenges with strength and determination.

About Embraer

A global aerospace company headquartered in Brazil, Embraer celebrates its 50th anniversary with businesses in Commercial and Executive aviation, Defense & Security and Agricultural Aviation. The company designs, develops, manufactures and markets aircraft and systems, providing Services & Support to customers after-sales.

Since it was founded in 1969, Embraer has delivered more than 8,000 aircraft. On average, about every 10 seconds an aircraft manufactured by Embraer takes off somewhere in the world, transporting over 145 million passengers a year.
Embraer is the leading manufacturer of commercial jets up to 150 seats and the main exporter of high value-added goods in Brazil. The company maintains industrial units, offices, service and parts distribution centers, among other activities, across the Americas, Africa, Asia and Europe.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Think Tank

Última atualização 06 JUL, 15:30

MAIS LIDAS

Dossiê EMBRAER