COBERTURA ESPECIAL - Brasil - EUA - Aviação

28 de Maio, 2020 - 16:00 ( Brasília )

Militares da FAB se destacam em cursos nos Estados Unidos

O Major Flaminio e o Sargento Nery receberam o reconhecimento por seus desempenhos acadêmicos

Tenente Camila
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Fraga - Revisão: Major Monteiro

O militar da Força Aérea Brasileira (FAB), Sargento Thiago Mendes Nery Especialista em Material Bélico (BMB), recebeu o Diploma de Honra como primeiro colocado no Curso denominado “Explosive Ordnance Disposal” (EOD). O curso ocorreu no estado da Flórida, nos Estados Unidos (EUA), no período de 11 de julho de 2019 a 28 de janeiro de 2020, na Naval School Explosive Ordnance Disposal, situada na Base da Força Aérea de Eglin.

Formado pela Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAR) no ano de 2006, o  Sargento Nery é graduado em Física pela Universidade de Taubaté (2018) e também possui diversos cursos operacionais no âmbito da FAB, tais como: Curso de Inspetor de Material Bélico (CIMBE), Curso de Manipulação de Material de Demolição (CMMAD), Curso de Neutralização e Destruição de Artefatos Explosivos (CNDAEX), dentre outros.

O militar do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) se sentiu motivado ao realizar o curso, por se tratar da capacitação de maior reconhecimento no que diz respeito a artefatos explosivos. “Empenhei-me para obter esse respeitado diploma ao adquirir  conhecimentos e experiências ímpares”, afirmou o Sargento Nery.

O Curso EOD é importante para todo o Sistema de Material Aeronáutico e Bélico (SISMAB) da Força Aérea Brasileira (FAB), pois o militar com essa qualificação tem habilitação para responder sinistros com quaisquer tipos de artefatos explosivos encontrados em regiões de combate, incluindo dispositivos improvisados, químicos e biológicos e, ainda, contribuir para a atualização e manutenção de toda a doutrina de manuseio e trato com explosivos dentro do SISMAB.

O Sargento Nery diz que foi realmente uma honra ter sido escolhido para esta missão e ter trazido para o Brasil, e para a FAB, o Diploma de Honra de primeiro colocado do Curso. “Espero poder contribuir para a atualização dos procedimentos adotados pelo SISMAB”, destacou.

 

Major Flaminio



Já o Major Aviador Felipe Flaminio João, do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), cursou mestrado em Engenharia de Sistemas com concentração em C4I (Comando, Controle, Comunicações, Computação e Inteligência). O curso foi realizado na George Mason University, na cidade de Fairfax-VA, região metropolitana de Washington-DC, durante o período de julho de 2018 a maio deste ano.  

O Major Flaminio recebeu, do Departamento de Engenharia da Universidade, o aproveitamento máximo no curso. Em razão do seu rendimento, conquistou a “Outstanding Academic Achievement Award”, uma premiação aos alunos que obtiveram desempenho elevado em todas as atividades acadêmicas.

O curso é importante para a FAB porque proporciona conhecimentos atuais sobre assuntos relevantes dos níveis tático, operacional e estratégico de uma força militar moderna. "Aplicar corretamente métodos consagrados de planejamento, análise e gerenciamento de sistemas e projetos militares fará toda a diferença para o futuro da Força Aérea, tendo em vista que os novos sistemas d’armas são cada vez mais complexos e exigem capacitação adequada por parte do operador", detalhou o Major Flaminio

“Para mim, o curso proporcionou ferramentas para a concepção, gerenciamento, análise e avaliação de sistemas diversos com foco na área de Comando e Controle e sistemas d'armas. Agora, espero poder contribuir para os novos sistemas operados pela FAB, como o F-39 Gripen e KC-390”, completou o Major Flaminio.

Fotos: IAE  e Major Flaminio

 



Outras coberturas especiais


Think Tank

Última atualização 06 JUL, 15:30

MAIS LIDAS

Brasil - EUA