COBERTURA ESPECIAL - Venezuela - Aviação

17 de Outubro, 2019 - 14:20 ( Brasília )

SU-30MK2: perde de uma aeronave e dois pilotos

A perda de um caça Su-30MK2 e os dois membros da tripulação mostra as dificuldades de adquirir, operar e manutenir equipamentos avançados

COMUNICADO DE LA FUERZA ARMADA NACIONAL BOLIVARIANA

 
A Fuerza Armada Nacional Bolivariana, com profundo pesar, informa ao povo venezuelano, que hoje, quarta-feira, 16 de outubro de 2019, às 14:46 horas, a aeronave Sukhoi 30 MK2, siglas 0457, da Aviación Militar Bolivariana, pilotada pelo General de Brigada Virgilio Raúl Márquez Morillo, acompanhado pelo Capitão Nesmar José Salazar Núñez; logo ao iniciar sua operação de decolagem daBase Aérea “CAP. MANUEL RÍOS”, estado Guárico, em voo de traslado para a Base Aérea “TTE. LUIS DEL VALLE GARCÍA”, Barcelona – estado Anzoátegui, se precipitou ocasionando a morte dos dois pilotos.

Ante a este triste evento, o cidadão Nicolás Maduro Moros, Presidente Constitucional da República Bolivariana de Venezuela, Comandante em Chefe da FANB, ordenou iniciar as investigações correspondentes com o objetivo de determinar as possíveis causas do sinistro. Atendendo a esta determinação foi ativada a Junta Investigadora de Acidentes Aéreos da instituição.

Lamentamos enormemente a irreparável perda destes valentes soldados, que ofereceram suas vidas servindo à Nação, no tempo que elevamos nossas preces a Deus Todo poderoso, para que conforte a perda dos familiares, amigos y companheiros de armas, iluminando suas almas neste difícil momento, reiterando também nossa solidariedade e apoio incondicional.
 
“Los pilotos nunca mueren, solo vuelan más alto”
 
¡Chávez vive!… ¡La Patria sigue!

¡Independencia y Patria Socialista!… ¡Viviremos y venceremos!




O acidente com o caça Sukhoi Su-30Mk2 da Aviación Militar Bolivariana, em BAMARI (Estado Guárico), teve perda de aeronave e também a morte dos dois tripulantes.

Faleceram o General Brigada Virgilio Marquez Morillo e o Capitão Nesmar Salazar. Ao decolar a aeronave teve uma forte guinada para a direita com a perda dos comandos de voo obrigando aos tripulantes a se ejetarem.


A perda dos controles de voo de um caça como um Sukhoi SU-30MK2, com um mínimo de manutenção tenha uma falha catastrófica como a perda dos comandos.

O SU-30MK2 tem os banco ejetores com a capacidade 0-0. Ou seja, capacidade de ejeção a zero de velocidade e zero de altitude.

Notícias obtidas por DefesaNet indicam que o paraquedas do GB Márquez Morillo não abriu.

E o Capitão Salazar morreu  calcinado dentro da aeronave? Aparentemente o assento ejetor não foi acionado ou não funcionou.

Curiosamente na manhã do mesmo dia do acidente o Ministro da Defesa da Venezuela Vladimir Padrino tuitou quase um segredo e confirmando que o único caça operacional da FANB são os caças F-16 de procedência americana recebidos nos anos 90.

As razões são várias: facilidade de obter peças no mercado internacional (inclusive no mercado negro).  Por razão similar os americanos retiraram antecipadamente os caças Grumman F-14 Tomcat que eram a base da Força do Irã, para não permitir que peças de reposição fossem direcionadas para os caças do Irã.



 
Em artigo de 2010 DefesaNet reportou a visita de Chávez ao centro de manutenção dos caças SU-30MK2. Na oportunidade Chávez ressaltou a importância do apoio russo para a operação dos caças Su-30MK2.  

A propósito de sua visita ao Centro de Manutenção Aeronáutico de Oriente, Base Aérea Tenente Luis del Valle García, localizado no estado de Barcelona, Chávez destacou a importância da cooperação militar com a Rússia, país fabricante das caças Sukhoi.

Es importante resaltar lo que aquí está ocurriendo. Los técnicos de Rusia, los aviones Sukhoi —que ya tienen 4 años volando— los oficiales técnicos venezolanos: transferencia tecnológica de Rusia”, comentou o mandatáro venezuelano.

Agradeceu ao grupo de especialistas russos ,que se encontravam nos hangares, junto com as equipes técnicas venezuelanas e saudou o Governo do Presidente Dimitri Medvedev, ao expressar que “na Venezuela já temos a capacidade de manutenir os aviões”."


Ver a matéra completa em:

Chávez Inspeciona Centro de Manutenção dos Su-30MK2 DefesaNet Link

Hé rumores contantes que um pequeno grupo de pilotos mercenários oriundos da Rússia e outros países operam regularmente os Su-30MK2, incluindo também os F-16.


 


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Crise

Crise

Última atualização 19 NOV, 12:15

MAIS LIDAS

Venezuela