COBERTURA ESPECIAL - Think Tank - Geopolítica

14 de Fevereiro, 2020 - 12:00 ( Brasília )

CEBRI é o Primeiro Think Thank em Segurança e Defesa na America Latina

Levantamento foi divulgado pela Universidade da Pensilvânia, pelo qual o CEBRI avança no ranking global. Ocupa o 2º Lugar como THINK TANK mais relevantes da América do Sul e Central e o1º em Defesa



O CEBRI (Centro Brasileiro de Relações Internacionais) é principal think tank na categoria Segurança e Defesa Nacional da América Latina, conforme o recém-divulgado ranking 2019 do Relatório Global Go To Think Tank Index Report, anualmente elaborado pelo Think Tanks and Civil Societies Program (TTCSP), da Universidade da Pensilvânia. O levantamento indica, ainda, o CEBRI na 50ª. colocação global na categoria.

Ainda segundo a pesquisa, o CEBRI, primeira vez, ocupa o segundo lugar como think tank mais relevante da região, atrás apenas think tank Fedesarrollo, da Colômbia.

A FGV – que até o ano passado era a instituição líder na região – foi elevada à categoria de Centro de Excelência da América do Sul e Central 2016-2018. No mundo (fora Estados Unidos), o CEBRI avançou da 48ª para a 46ª colocação, em universo de 8.248 instituições pesquisadas, 1.871 das quais nos Estados Unidos.

Núcleo de Segurança Internacional

Esta é a oitava vez que o CEBRI é indicado como o principal thintk tank latino-americano pela pesquisa da Universidade da Pensilvânia. O CEBRI atua no tema por meio do Núcleo de Segurança Internacional, sob a responsabilidade do Conselheiro do CEBRI André Clark.

A discussão sobre segurança internacional não é mais apenas sobre países. Avança, por exemplo, sobre temas como uso da Inteligência Artificial e Cibersegurança. Fomentamos este e outros debates e realizamos anualmente a principal conferência sobre Segurança na América Latina, a Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana, que no fundo representa a essência do papel de um think tank, ao reunir visões de diferentes segmentos e até mesmo atraindo jovens e estudantes para o assunto”, afirma Clark.

A Conferência do Forte de Copacabana é organizada em parceria com a Fundação Konrad Adenauer (KAS) e a Delegação da União Europeia no Brasil. A 16ª. edição do evento aconteceu em setembro passado, na Escola de Guerra Naval (EGN), com a presença do Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, dentre outras autoridades, bem como acadêmicos, diplomatas, profissionais dos setores público e privado, em total de mais de 600 participantes
.

www.cebri.org

 

 

 


 

 

 

 











Mundo

O ranking do 2019 TTCSP mostra que, no universo total de think tanks pesquisados, 26,9% estão na Europa, 25,0% estão na América do Norte, 22,2% estão na Ásia, 12,4% estão na América do Sul e Central, 7,4% estão na África subsaariana e 6,1% estão no Oriente Médio e África do Norte. Os cinco países com maior número de think tanks são, pela ordem, Estados Unidos (1.871), Índia (509), China (507), Reino Unido (321) e Argentina (227). O Brasil (103) é o 11º colocado.



Outras coberturas especiais


Fuzileiros Navais

Fuzileiros Navais

Última atualização 18 FEV, 20:00

MAIS LIDAS

Think Tank