COBERTURA ESPECIAL - TOA - Defesa

08 de Dezembro, 2017 - 14:30 ( Brasília )

1ª Bda Inf Sl – Patrulha de Reconhecimento ao Monte Caburaí



 

Boa Vista (RR)

   
No dia 22 de novembro a 1ª Brigada de Infantaria de Selva deflagrou a Operação Monte Caburaí, a qual teve a duração de 13 (treze) dias e findou no dia 07 de dezembro do corrente ano.
   
A operação teve a finalidade de realizar os patrulhamento dos marcos fronteiriços no ponto mais setentrional do território nacional levando a presença do Estado Brasileiro um dos pontos mais ermos do Brasil.
   
A Força Tarefa composta por 27 (vinte e sete) integrantes de todas organizações militares (quartéis) de Boa Vista e do 1º Batalhão de Infantaria de Selva, sediado em Manaus, percorreu 992 km de viatura e 164 km a pé.


   
Localização do Monte Caburaí


Durante a execução houve a necessidade da presença de um intérprete indígena do 6º Pelotão Especial de Fronteira (6º PEF), Soldado Semeão, da etnia Ingarikó, haja vista as comunidades visitadas não falarem a língua portuguesa.
   
Ao fim da missão, após 19 (dezenove) anos que a última patrulha esteve naquela localidade, foi realizado o hasteamento do pavilhão nacional materializando a presença do Estado naquela região.
   
Para o General Gustavo Henrique Dutra de Menezes, Comandante da 1ª Brigada de Infantaria de Selva a presença dos militares naquela área longínqua representa a capacidade do Exército Brasileiro, por meio de seus integrantes, de manter imaculada as fronteiras brasileiras, bem como a possibilidade de manter o treinamento dos militares no ambiente de selva e o sentimento de brasilidade.


 




Observar que o militar ao fundo opera um telefone satelital.








As duas imagens acima poderiam passar como regiões do Paraná ao Rio Grande do Sul.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Embraer

Embraer

Última atualização 21 JUN, 11:18

MAIS LIDAS

TOA