COBERTURA ESPECIAL - TOA - Aviação

14 de Abril, 2017 - 10:50 ( Brasília )

Alunos do CIAAR visitam Amazônia como parte da formação militar

91 futuros oficiais de diversas áreas passaram quatro dias em Manaus

Ten Lorena Molter / Ten Emília Maria


Alunos do Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), de Belo Horizonte (MG), participaram de uma visita de instrução em Manaus (AM). O grupo formado por 91 futuros oficiais da Força Aérea chegou à capital amazonense no domingo (09/04) e permaneceu na cidade até quarta-feira (12/04).

“A importância da viagem dessa turma para a Amazônia é o fato de os alunos poderem conhecer essa importante região de atuação da FAB. A quase totalidade dos alunos é de outras regiões e, assim, na viagem eles podem entender o trabalho da Força aqui”, explicou o Comandante do Corpo de Alunos do CIAAR, Coronel Aviador Alessandro de Oliveira Araújo, sobre o motivo da escolha da Região Amazônica na formação dos alunos.

A viagem de estudos incluiu palestra sobre a missão do Comando da Aeronáutica na Amazônia, visita as Organizações da Guarnição de Aeronáutica de Manaus, como esquadrões aéreos, o Quarto Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA 4), o Destacamento de Apoio à Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA) e o Segundo Grupo de Defesa Antiaérea (2º GDAAE), entre outros.

O grupo é formado por alunos das áreas de administração, análise de sistemas, enfermagem, engenharia, farmácia, jornalismo, medicina, odontologia, pedagogia, psicologia, serviço social e serviços jurídicos.

Um dos alunos, o futuro oficial médico Ricardo Iervolino, falou sobre o que a viagem acrescentou em sua formação militar. “O que a gente conseguiu ver de melhor foi a missão da Força Aérea, principalmente, na Região Amazônica e ter essa visão da operacionalidade dos aviões”, disse.

Estagiários do Quadro de Oficiais Convocados participam de exercício em Boa Vista (RR)¹



O Esquadrão de Segurança e Defesa (ESD) da Ala 7, localizada em Boa Vista (RR),  realizou, entre os dias 4 e 6 de abril, o Exercício de Campanha do Estágio de Adaptação ao Serviço para os futuros militares do Quadro de Oficiais Convocados (QOCON) da área da saúde. O treinamento teve como principais objetivos adaptar os alunos às condições naturais do terreno, treiná-los em situações realizadas em campanha e valorizar a importância da tenacidade, da resistência e do espírito de corpo como qualidades fundamentais nas Atividades de Campanha.

O exercício teve início nas próprias instalações administrativas da Ala 7, com as instruções teóricas nas quais os estagiários puderam ter o primeiro contato com técnicas de orientação no terreno, tiro militar, montagem de rede de selva, primeiros socorros, nós e amarrações, ofidismo, entre outras. Para finalizar as atividades, após uma marcha de aproximadamente cinco quilômetros, já na área de acampamento, os estagiários puderam colocar em prática tudo aquilo que aprenderam nos dias anteriores.

A Estagiária Mônica Simone dos Santos Barra, que tem formação acadêmica em Nutrição, relata que participar das instruções foi uma experiência única e levará para o resto da sua vida, pois muitas atividades possuem conceitos dinâmicos e podem ser aplicadas em diversas áreas.

“Esse Exercício de Campanha trouxe muitos ensinamentos positivos para minha vida pessoal e profissional” avalia a estagiária. “Com certeza vou ter parâmetros mais significativos para enfrentar desafios do meu cotidiano, pois aprendi a superar limites”, afirma.

Para um dos coordenadores do Exercício, o Tenente de Infantaria Arthur Mozzer de Oliveira, o exercício resgata atributos como coragem e desprendimento, ao mesmo tempo em que faz os profissionais da saúde conhecerem as situações nas quais as tropas são submetidas em combate, aprimorando o apoio que é prestado.

“O desempenho foi dentro do esperado, com destaque para a vontade e superação demonstradas por alguns alunos que possuíam limitações pessoais e, mesmo em situações extremas de cansaço, souberam lidar com os desafios impostos”, ressaltou o Tenente Mozzer.


¹Ten Ranyer Guimarães / Ten Flávio Nishimori