20 de Agosto, 2019 - 10:50 ( Brasília )

Terrestre

Cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras recebem a réplica do Sabre do Duque de Caxias


Cadetes da Turma Bicentenário da Independência do Brasil recebem com a máxima vibração, a réplica do invicto e glorioso Sabre de Caxias, imbuídos da grande responsabilidade em dignificá-lo.

A tradicional Cerimônia de Entrega de Espadins aos Cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) ocorreu em 17 de agosto, no Pátio Tenente Moura, com a presença de suas famílias e de convidados, bem como de autoridades civis e militares.

Este ano, 411 Cadetes que estão cursando o primeiro ano da AMAN participaram da cerimônia. A turma é constituída por cadetes oriundos de todas as regiões do Brasil e de algumas Nações Amigas. No total, são 397 brasileiros e 14 de Nações Amigas.

Os cadetes da Região Sudeste representam 56% da turma, os da Região Sul somam 18%, os da Região Centro-Oeste são 13%, os da Região Nordeste 10% e os da Região Norte finalizam os outros 3%.

Dos 14 cadetes das Nações Amigas que estão cursando o primeiro ano, três são da Arábia Saudita, três de Camarões, um da Guiana, um da Guiné-Bissau, um de Honduras, dois do Panamá, um do Peru e dois do Vietnam.

A Turma Bicentenário da Independência, batizada com esse nome porque irá se formar em 2022, é a segunda da AMAN que recebe cadetes do sexo feminino na Linha de Ensino Militar Bélico.

A turma possui por 38 mulheres. O Cadete Gabriel Felipe Bejarano da Costa Resende, 18 anos, natural de Manaus e oriundo do Colégio Militar de Brasília, é o primeiro colocado da Turma.



Acompanhado de sua mãe, recebeu o Espadim das mãos do Presidente da República, Jair Bolsonaro. Dentre as autoridades presentes, destacam-se o Senador David Alcolumbre, Presidente do Senado Federal; o Ministro Dias Toffoli, Presidente do Supremo Tribunal Federal; o General de Exército Fernando Azevedo e Silva, Ministro da Defesa; o General de Exército Edson Leal Pujol, Comandante do Exército; a Doutora Raquel Dodge, Procuradora-Geral da República; além dos Governadores dos Estados do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Goiás; Ministros de Estado; Ministros do Superior Tribunal Militar; integrantes do Alto-Comando do Exército; e inúmeras autoridades dos Poderes Legislativo e Judiciário, das esferas federal, estadual e municipal.

Sendo uma réplica reduzida do sabre de combate do Marechal Luís Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, patrono do Exército Brasileiro, o Espadim faz parte do uniforme histórico do cadete e é o símbolo da honra militar.

A Cerimônia de Entrega dos Espadins aos Cadetes é uma tradição que remonta a 1932.



ÚLTIMAS

Terrestre

MAIS LIDAS