13 de Agosto, 2019 - 17:20 ( Brasília )

Terrestre

Emoção, vibração e amor à Pátria marcam cerimônia de compromisso à Bandeira Nacional dos futuros cadetes


No dia 10 de agosto de 2019, a turma matriculada no corrente ano na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) realizou o compromisso perante à Bandeira Nacional. O compromisso solene, no qual os alunos prometem defender a Pátria mesmo que com o sacrifício da própria vida, ocorreu no momento em que o futuro cadete se encontra em plena consciência de suas responsabilidades e atribuições militares. Esse foi o cerne da cerimônia, que ocorreu no último sábado, no Pátio Agulhas Negras.

A solenidade foi presidida pelo Comandante Militar do Sudeste, General de Exército Marcos Antonio Amaro dos Santos, e contou com a presença de autoridades civis e militares, além das famílias e de amigos dos alunos, que vieram dos diversos rincões do nosso País, com o objetivo de acompanhar momento tão significativo na carreira de seus entes. A cerimônia emocionou os presentes e teve um significado muito importante para o aluno, que, após encerrar o primeiro semestre letivo, assumiu o compromisso.

A inspiração do nome da Turma

Dentre as atividades que permeiam a cerimônia de juramento à Bandeira, a turma recebe, oficialmente, o nome de “Turma Centenário da Missão Militar Francesa no Brasil”, que estará gravado eternamente na alma de seus integrantes e na placa inaugurada na Pérgula Tiradentes.

Em 2019, comemoram-se 100 anos desde que as tropas francesas chegaram ao País para auxiliar na instrução e modernização do Exército Brasileiro. A missão foi contratada em setembro de 1919, e as negociações ocorreram entre o adido militar brasileiro na França, o Coronel Malan d’Angrogne, e o Ministro da Guerra francês, George Clemenceau.

A turma de 2019 tem muito orgulho em levar consigo o nome que homenageia a todos aqueles que, durante 20 anos de missão, dedicaram seus esforços para auxiliar a modernização das tropas brasileiras, mostrando que os ensinamentos e o espírito de aprendizado constante, transmitidos de geração em geração, são cultuados até hoje por seus integrantes.

Palavras do Comandante

O Comandante da EsPCEx, Coronel Fabiano Espínola Araujo, durante suas palavras, falou da importância do momento: “perante seus pais, familiares e amigos; perante seus Comandantes, pares e subordinados; perante a simbólica presença do Duque de Caxias, nosso maior modelo de soldado e de cidadão; e principalmente perante a Bandeira sagrada da Pátria, você acaba de empenhar a sua honra, o seu sangue e o sacrifício supremo da sua vida pela defesa do Brasil. Que este juramento, simbolicamente renovado a cada 25 de agosto, seja sua estrela guia ao longo de sua vida de soldado, e que não se curve a outros interesses que não sejam os interesses maiores da Nação Brasileira”.

O prosseguimento

Ao concluírem o ano letivo, os 444 alunos da EsPCEx têm acesso garantido à Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), localizada em Resende (RJ), onde continuarão a sua formação militar por mais quatro anos, quando serão declarados aspirante a oficial do Exército Brasileiro.

Fotos: EsPCEx