15 de Março, 2014 - 13:07 ( Brasília )

Terrestre

RBS 70 – EB Treina e Recebe os primeiros Sistemas na Suécia




O Exército avança célere com o processo de aquisição, treinamento e incorporação de mísseis telecomandados RBS 70, da empresa sueca SAAB. Esta aquisição está incluída no Projeto Estratégico do Exército Defesa Antiaérea (PEE DA Ae).

DefesaNet publicou artigo sobre a aquisição do RBS 70    

EB – Adquire o míssil SAAB RBS 70 MkII Link

 

CURSO DE OPERADORES DO SISTEMA
DE MÍSSEIS RBS 70 NA SUÉCIA

 
O Projeto Estratégico do Exército Defesa Antiaérea (PEE DA Ae), cumprindo as aquisições previstas no seu escopo, adquiriu o sistema de mísseis telecomandados RBS 70, de origem sueca.

No contrato celebrado entre a SAAB e o Exército Brasileiro, existem quatro cursos previstos para oficiais e sargentos da Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea (EsACosAAe) e das organizações militares (OM) de Artilharia Antiaérea (AAAe), na Suécia. Desses cursos, três são para operadores do sistema e um curso, como parte do Offset, é de manutenção do sistema.

Os objetivos dos cursos são, dentre outros, além de permitir o conhecimento aprofundado do sistema, preparar os especialistas em AAAe para a confecção dos manuais do sistema, da inserção do sistema na doutrina brasileira e propiciar que oficiais e sargentos conheçam como os componentes do sistema são acondicionados, manutenidos e manipulados a fim de que possam replicar as melhores práticas nas suas OM de origem.

O primeiro curso de operadores do sistema iniciou-se em 03 de março nas dependências da SAAB, na cidade de Karlskoga, na  Suécia, com nove militares das OM AAAe e terá a duração de um mês.
 

TESTE DE ACEITAÇÃO DE FÁBRICA
DO SISTEMA DE MÍSSEIS RBS 70

No período de 03 a 07 de março de 2014, o Projeto Estratégico do Exército Defesa Antiaérea (PEE DA Ae) realizou, juntamente com a Diretoria de Material, o Teste de Aceitação de Fábrica (FAT) do Sistema de Mísseis RBS 70, nas instalações da empresa SAAB Dynamics, na cidade de Karlskoga, no Reino da Suécia.

A programação constou das seguintes atividades:

- Verificação e teste do Simulador;
- Teste dos mísseis reais;
- Verificação e teste dos Postos de Tiro, Aparelhos de Pontaria, Visores Termais, acessórios e sobressalentes;
- Embalagem e lacre de todo o material constante da primeira entrega a ser recebida no Brasil até abril de 2014; e,
- Verificação do andamento do curso de operação do material.


O objetivo da FAT, além de cumprir uma cláusula contratual, é verificar o material adquirido antes do seu embarque para o Brasil, e permitir condições de correção de possíveis inconformidades encontradas ainda na fábrica. Permite, ainda, obter as informações necessárias para a realização do recebimento desse material quando de sua chegada no Brasil.