11 de Agosto, 2016 - 09:45 ( Brasília )

Tecnologia

ITA e UEMA assinam termo de cooperação

Acordo prevê implantação de mestrado profissional em engenharia de computação e sistemas

Ten Jussara Peccini

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) assinaram (04/08) termo de cooperação técnica e acadêmica para mestrado em engenharia de computação e sistemas. O instituto sediado em São José dos Campos (SP) apoiará a universidade maranhense na implantação de uma turma especial do curso, cuja linha de pesquisa será Sistemas Computacionais Aplicados à Engenharia Aeroespacial.

A cooperação entre a UEMA e o ITA também prevê promover o intercâmbio de informações, atroca de experiências e de conhecimentos técnicos e acadêmicos, bem como a mobilidade de professores, além de estimular outras atividades científicas em engenharia.

De acordo com reitor do ITA, professor Anderson Ribeiro Correia, é mais uma contribuição do instituto às atividades do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), estratégicas para o Comando da Aeronáutica e também para o Brasil. “Com esta parceria, o ITA oferece um apoio muito importante para o desenvolvimento científico e profissional do Estado do Maranhão”, afirmou.

A formação de profissionais no Maranhão vai atender às demandas do CLA por profissionais qualificados no setor aeroespacial. A unidade do Comando da Aeronáutica é responsável pelo lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais.

“A área de pesquisa aeroespacial tem buscado consolidar o reconhecimento da posição estratégica do Estado, que é representado pelo próprio Centro de Lançamento de Alcântara, sendo um conjunto de ações que passam pela formação de profissionais qualificados que visam efetivamente a inserção do Maranhão no contexto nacional como um estado produtor de profissionais de conhecimento na esfera aeroespacial” afirma o reitor da UEMA, Gustavo Pereira da Costa.

Parcerias - O reitor do ITA também visitou a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), que trabalha na criação do curso de graduação em engenharia aeroespacial. O ITA colabora ativamente na estruturação do programa.

Foto: Divulgação UEMA