COBERTURA ESPECIAL - Tecnologia Disruptiva - Tecnologia

07 de Novembro, 2018 - 01:10 ( Brasília )

ATENÇÃO - Cazaquistão escolheu o Falcon 9 para lançar 2 satélites

O lançamento de satélites com um veículo de lançamento Falcon 9 é mais barato, informa o governo do Cazaquistão

 

Fonte Mail.Ru


Em 20 de novembro, está previsto o lançamento dos dois primeiros satélites científicos e tecnológicos do Cazaquistão com o Falcon 9, veículo de lançamento da empresa norte-americana Space X, disse Aset Nurkenov , porta-voz do Ministério da Defesa e Indústria Aeroespacial do Cazaquistão.

Segundo ele, era possível usar veículos de lançamento russos dos tipos “Soyuz” e “Proton” para lançamentos , mas a escolha foi feita em favor do americano porque  era mais barato.

Em 20 de novembro, dois satélites cazaques serão colocados no Falcon 9, um deles para fins científicos - KazSaySat, o outro para fins tecnológicos - KazistiSat. O lançamento ocorrerá na base militar americana de Vandenberg, na Califórnia.

Um porta-voz do Ministério da Defesa e Indústria Aeroespacial do Cazaquistão disse que Astana (capital do Cazaquistão) usaria o foguete americano, "porque é mais barato lançar no Falcon 9".

A quantia é um segredo comercial, não podemos divulgar, o lado americano pediu (citado pela Interfax).

Aset Nurkenov (Secretário de Imprensa do Ministério da Defesa e Indústria Aeroespacial do Cazaquistão):  afirmou que no futuro planeja lançar satélites do Cazaquistão a partir do cosmódromo de Baikonur. "Acreditamos que as naves espaciais de tal configuração possam ser lançadas por veículos de lançamento como" Soyuz ", e o " Proton ", que são lançados desde Baikonur", acrescentou.

A Space Exploration Technologies Corporation (Space X) é uma empresa americana, fabricante de tecnologia espacial  sediada na cidade de Hawthorne (Califórnia, EUA). Fundada em 2002 pelo ex-acionista da PayPal e CEO da Tesla Motors, Ilon Mask, para reduzir o custo das viagens espaciais, abrindo caminho para a colonização da Lua e de Marte.

Em 9 de outubro, a empresa lançou o foguete Falcon 9, cuja primeira etapa retornou com sucesso ao Cosmódromo de Vandenberg, na Califórnia (EUA). O foguete entregue à Terra orbita um satélite argentino.

Nota DefesaNet

Enquanto no Brasil a questão do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), está parado, em eterna briga ideológica, as vantagens competitivas da localização estão desaparecendo frente às tecnologias disruptivas, como as do Space X.

O Cazaquistão abdicou de lançar o satélite em seu Centro de Lançamentos, pela Base da USAF de Vanderberg, na Califórnia, pois a diferença de custos compensava.

A SpaceX praticamente implodiu comercialmente com a russa Roskosmos.

O Editor