COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Geopolítica

09 de Janeiro, 2018 - 09:55 ( Brasília )

Satélite espião dos EUA falha em entrar em órbita e pode estar destruído, dizem fontes


Um satélite de espionagem dos Estados Unidos lançado no domingo de Cabo Canaveral, na Flórida, a bordo de um foguete SpaceX fracassou em entrar em órbita e assume-se que seja uma perda total, disseram duas autoridades norte-americanas informadas sobre a missão.

O satélite confidencial da inteligência, construído pela Northrop Grumman Corp, fracassou em se separar do segundo estágio do foguete Falcon 9 e assume-se que tenha quebrado ou caído no mar, disseram na segunda-feira as duas autoridades, que falaram sob condição de anonimato.

Assume-se que o satélite tenha sido “eliminado”, disse uma das autoridades.

A suposta perda do satélite foi relatada inicialmente pelo Wall Street Journal.

A Northrop Grumman construiu o satélite multibilionário, com nome de Zuma, e foi responsável por escolher o veículo de lançamento SpaceX Falcon 9, disseram as autoridades.

Uma investigação está em curso, mas não há indícios iniciais se sabotagem ou outra interferência, disseram.