COBERTURA ESPECIAL - Presidência da República - Inteligência

21 de Outubro, 2019 - 17:00 ( Brasília )

Elio Gaspari - General Villas Bôas deveria deixar seus sucessores trabalharem em paz

Ele voltou às redes alertando para o risco de uma 'eventual convulsão social'




Elio Gaspari
Folha de São Paulo - 20 Outubro 2019

Às vésperas de decisão do Supremo sobre a prisão depois da segunda instância, o general da reserva Eduardo Villas Bôas voltou às redes alertando para o risco de uma “eventual convulsão social”.

Se ele falou como assessor especial do Gabinete de Segurança Institucional, a falta de detalhes torna seu alerta um simples asterisco.

Se falou como ex-comandante do Exército, o melhor que se tem a fazer é ouvir o silêncio de três de seus antecessores, os generais Enzo Peri, Francisco Albuquerque e Gleuber Vieira. Comandaram o Exército durante 17 anos, passaram o bastão e deixaram seus sucessores trabalhar em paz.



 


 

Como uma resposta a Elio Gaspari o ministro da Educação Abraham Weintraub tuitou este post abaixo 



Outras coberturas especiais


Crise

Crise

Última atualização 19 NOV, 12:15

MAIS LIDAS

Presidência da República

1
05 NOV, 22:00

Plano Mais Brasil