COBERTURA ESPECIAL - Presidência da República - Terrestre

13 de Agosto, 2019 - 03:00 ( Brasília )

Gen Ex Villas BOAS – Homenagem do Senado

Senado presta homenagem ao Gen Ex Eduardo Villas Bôas


Agência Senado
Fotos Gerdan Wesley Especial para DefesaNet



O Senado realizou, na tarde de segunda-feira (12AGO2019), uma sessão de homenagem ao General-de-Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas. O general atuou como Comandante do Exército Brasileiro entre 2015 e janeiro de 2019 e hoje é assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do Palácio do Planalto.

A sessão solene contou com a presença do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, como representante do presidente Jair Bolsonaro. Mourão disse que era fácil falar de Villas Bôas, diante de tantas boas qualidades e sentimentos de amizade. O vice-presidente destacou a coragem do general, diante das dificuldades, bem como sua tranquilidade, ante da necessidade de orientações aos subordinados.

Herói

Para o autor do requerimento da homenagem, senador Chico Rodrigues (DEM-RR), o general é “um homem com estatura de herói”. Chico Rodrigues disse que a democracia brasileira tem dívida eterna com Villas Bôas e destacou a trajetória de vida do homenageado. Villas Bôas nasceu em Cruz Alta (RS), em 1951, e ingressou em 1967 no Exército, onde exerceu diversas funções importantes ao longo de mais de cinco décadas de carreira. Chico Rodrigues entregou a Villas Bôas o diploma Certificado ao Mérito, como reconhecimento pelos serviços prestados à nação.

 



Foto Gerdan Wesley Especial para DefesaNet


— O general Villas Bôas é um exemplo de integridade e equilíbrio. A ele, nossa eterna gratidão — afirmou o senador, acrescentando que Villas Bôas já foi agraciado com 14 condecorações nacionais.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, disse que o homenageado é um “grande brasileiro, que orgulha a todos nós”. Davi agradeceu todos os serviços prestados pelo general ao país, como uma prova de amor à coletividade. Ele ainda registrou que a homenagem é uma oportunidade de reconhecimento a um ser humano abnegado e altruísta. Davi lembrou que Villas Bôas vem enfrentando uma doença degenerativa nos últimos anos, mas mesmo assim nunca abriu mão da empatia.

— Receba a nossa consideração e o nosso carinho. O general é uma fonte de inspiração para todos, por sua coragem e por sua determinação. Muito obrigado, general Villas Bôas — declarou Davi.

O comandante do Exército, general Edson Leal Pujol, disse que é testemunha do trabalho do general Villas Bôas, que "sempre colocou a nação em primeiro lugar". A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou que a homenagem é o reconhecimento dos méritos de um grande brasileiro e de um herói da pátria. Para Raquel Dodge, é preciso reconhecer que o general Villas Bôas é um “artífice da paz no Brasil”.
 
Na visão do senador Marcio Bittar (MDB-AC), Villas Bôas é um exemplo de dignidade e de luta pelo Brasil. Por sua vez, Roberto Rocha (PSDB-MA) destacou o comprometimento do general com o papel constitucional das Forças Armadas. O senador Major Olimpio (PSL-SP) elogiou a humildade e a perseverança do general Villas Bôas.
 
— Villas Bôas é o símbolo do herói brasileiro atual. O general comanda pelo exemplo, pela dedicação e pelo entusiasmo — declarou Major Olimpio.

Imperfeição e suporte

Adriana Villas Bôas, filha do general Eduardo Villas Bôas, leu um texto em homenagem ao pai, pela passagem do Dia dos Pais. No texto, ela destaca a “imperfeição” do pai como uma virtude, como um sinal de humanidade e como uma oportunidade para a reinvenção. Adriana disse ainda que seu pai a ensinou a pedir desculpas e a perdoar.

— Feliz Dia dos Pais. Força, comandante! — concluiu Adriana.

O general Villas Bôas classificou a homenagem do Senado como a maior honraria que recebeu na vida — não só pela instituição, como também pelas pessoas presentes na solenidade. Ele agradeceu as palavras de carinho de todos os discursos e destacou o nome do senador Chico Rodrigues, que propôs a sessão solene.

Villas Bôas também agradeceu a presença dos companheiros militares, elogiou os músicos da banda militar e pediu uma salva de palmas para Patrick Teixeira, ativista da causa dos deficientes e dos acometidos por doenças raras. O general ainda fez uma homenagem para a sua família, dizendo que, conforme o tempo passa, tem se descoberto ainda mais dependente das mulheres.

— Graças a Deus tenho uma família de mulheres fortes, que têm sido o meu suporte durante esse período — declarou.

Foto Gerdan Wesley Especial para DefesaNet


A homenagem foi acompanhada por vários senadores e deputados, pelos ministros da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Antonio de Oliveira Francisco, e das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e por outros representantes do governo. Autoridades militares, ministros de tribunais superiores, políticos, embaixadores e familiares do homenageado também estiveram presentes na sessão solene.

O presidente Jair Bolsonaro e o Gen Ex Augusto Heleno estavam em deslocamento de retorno da viagem a Rio Grande do Sul.


 

O general Villas Bôas homenageou em seu discurso Patrick Teixeira, ativista em defesa dos direitos de pessoas com doenças raras  Foto Roque de Sá/Agência Senado