COBERTURA ESPECIAL - Presidência da República - Terrestre

09 de Julho, 2019 - 10:30 ( Brasília )

Cerimônia Militar celebra 196 anos do Batalhão da Guarda Presidencial


No dia 5 de julho, o Batalhão da Guarda Presidencial (BGP), Batalhão Duque de Caxias, comemorou 196 anos de história e tradição em uma cerimônia militar. Criado em 1823, com o nome de Batalhão do Imperador, o BGP foi transferido do Rio de Janeiro, onde era conhecido como Batalhão de Guardas, para Brasília em 1960.

Nesses 196 anos de existência, participou de importantes acontecimentos que ficaram marcados na história do país. O evento contou com a presença do Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, do Comandante Logístico, General de Exército Carlos Alberto Neiva Barcellos, do Assessor Especial da Presidência da República e antigo Comandante do Exército, General de Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, além de diversas autoridades civis e militares.

 

A solenidade teve início com a apresentação dos granadeiros realizando ordem unida sem comando, evidenciando a destreza de uma tropa altamente treinada. O público presente pôde conferir de perto a marcialidade e disciplina dos militares.

O Comandante do BGP, Tenente-Coronel Pedro Aires Pereira Júnior, ressaltou em seu discurso a presença do Alferes Luiz Alves de Lima e Silva entre os primeiros granadeiros do Batalhão do Imperador, o futuro Duque de Caxias. Destacou, ainda, a dedicação dos militares do BGP às mais variadas missões das quais participam.

O Presidente da República, ao se dirigir à tropa, agradeceu todo o profissionalismo com que os militares do BGP executam seu trabalho. “Cumprimento essa tropa e agradeço pela minha proteção e pela nobre missão de defender e guardar o Presidente da República”, enfatizou.

Encerrou a formatura o desfile dos antigos granadeiros, liderados pelo General Villas Bôas e pelo Presidente Bolsonaro, seguido da tropa do BGP. Para os militares que um dia fizeram parte do Batalhão da Guarda Presidencial o momento foi de emoção e alegria, como revelou Marcos Cesário, policial militar de Minas Gerais aposentado, que vem de bicicleta de Uberaba até Brasília há oito anos para participar das comemorações. “Aqui é minha casa e é uma alegria retornar e reencontrar o pessoal com quem servi. Enquanto eu tiver força, eu vou vir pedalando para prestigiar o BGP”, assegurou.

 

Fotos: Centro de Comunicação Social do Exército

VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


OTAN

OTAN

Última atualização 06 DEZ, 12:30

MAIS LIDAS

Presidência da República

4
05 NOV, 22:00

Plano Mais Brasil