31 de Janeiro, 2020 - 11:20 ( Brasília )

Navios da Operação “Aspirantex” recebem público no Porto de Salvador


O Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) “Atlântico” e as Fragatas “União” e “Liberal” receberam os soteropolitanos durante a visitação pública realizada no Porto de Salvador, nos dias 25 e 26 de janeiro. Durante sua estadia na capital baiana, o PHM “Atlântico” foi ainda cenário de um cerimonial à Bandeira comentado, ao final da tarde do dia 24.

O evento, que foi presidido pelo Comandante em Chefe da Esquadra, Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, teve a presença do Comandante da Primeira Divisão da Esquadra, o Contra-Almirante Gilberto Santos Kerr, além de convidados de outras Forças Armadas, órgãos públicos e pessoas da sociedade civil. Os navios compõem a Operação “Aspirantex-2020”, realizada pela Marinha do Brasil, que inclui a 3ª Fase da Operação “Amazônia Azul - Mar Limpo é Vida!”.

A operação é realizada na área compreendida entre os estados do Rio de Janeiro e Pará, com fases de mar e de porto. A “Aspirantex” também envolve ações de apoio logístico aos Comandos Distritais dos portos visitados e, caso necessário, o apoio aos Coordenadores Operacionais Regionais na execução de ações de resposta a incidentes de poluição por óleo no decorrer da 3ª Fase da Operação “Amazônia Azul, Mar limpo é Vida!”.

Marinha do Brasil realiza ações sociais no extremo Sul da Bahia

 


A Delegacia da Capitania dos Portos em Porto Seguro (DelPSeguro) realizou, nos dias 24 e 25 de janeiro, ações de assistência médica e apoio à saúde, palestras e orientações sobre Segurança da Navegação e Preservação Ambiental, além do projeto “Delegacia Itinerante”, nos distritos de Cumuruxatiba e Corumbau, no extremo Sul da Bahia, em conjunto com a Prefeitura Municipal de Prado-BA e com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

As ações foram realizadas em proveito da Operação “Amazônia Azul - Mar Limpo é Vida!” e da Operação “Verão 2019/2020 – Mares Seguros e Limpos”. Nas duas comunidades, cerca de 50 aquaviários participaram das palestras. Também foram realizados 60 atendimentos médicos e 120 procedimentos de apoio à saúde. Por meio do projeto “Delegacia Itinerante”, a Marinha do Brasil regularizou documentação de embarcações e carteiras de habilitações dos condutores.



ÚLTIMAS

MAIS LIDAS