19 de Março, 2019 - 10:05 ( Brasília )

Fragata “União” é o novo Capitânia da Força-Tarefa Marítima da UNIFIL


Em 15 de março, durante a cerimônia de Handover of Flag Ship, a Fragata “União” tornou-se, pela quinta vez, o navio Capitânia da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL), em substituição à Fragata “Liberal”, que concluiu com êxito sua missão, perfazendo 22 patrulhas em 89 dias na Área Marítima de Operações (AMO), sob a responsabilidade da Força Naval Multinacional.

A FTM-UNIFIL foi criada em 15 de outubro de 2006, em atendimento à Resolução 1701 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, por solicitação do governo libanês, tendo a peculiaridade de ser a única Força Naval componente de missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU), e vem, desde então, executando as tarefas de Operações de Interdição Marítima e de treinamento da Marinha Libanesa.

A FTM-UNIFIL possui um Estado-Maior multinacional e seis navios de diferentes nacionalidades: Alemanha, Bangladesh, Brasil, Grécia, Indonésia e Turquia, além de dois helicópteros orgânicos: um Super Lynx AH-11A, a bordo da Fragata “União” e um Dauphin AS 365, a bordo da Corveta “KRI Sultan Hasanuddin”, da Marinha da Indonésia.

A cerimônia foi presidida pelo Comandante da FTM-UNIFIL, Contra-Almirante Eduardo Augusto Wieland, e contou com as presenças do Embaixador do Brasil no Líbano, Paulo Cordeiro de Andrade Pinto; do Subchefe de Inteligência Operacional do Comando de Operações Navais, Contra-Almirante (FN) Ricardo Henrique Santos do Pilar; do Comando em Chefe da Lebanese Armed Forces Navy (LAF-Navy), Contra-Almirante Hosni Daher; e do Comandante do 1° Esquadrão de Escolta, Capitão de Mar e Guerra José Carlos Cavalcanti Sales; além da presença de diversas personalidades civis e militares locais e de países integrantes da missão.



ÚLTIMAS

MAIS LIDAS