14 de Março, 2019 - 09:40 ( Brasília )

Marinha inaugura nova infraestrutura de telecomunicações da Estação Antártica Comandante Ferraz


A Marinha do Brasil deu mais um passo para a finalização da nova Estação Antártica Comandante Ferraz. No dia 11 de março, foi inaugurada a nova infraestrutura de telecomunicações por meio de testes de videoconferência entre a comitiva de ministros e parlamentares, que visitavam a Estação, e o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, juntamente com o Ministro da Defesa, General Fernando Azevedo e Silva, e o Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques, no Palácio do Planalto, em Brasília-DF.

Na ocasião, o Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Astronauta Marcos Pontes, também participou dos testes de videoconferência, de Houston nos Estados Unidos.

Os testes realizados tiveram êxito e marcaram a nova fase de infraestrutura de telecomunicações no continente gelado. A iniciativa é um acordo realizado entre a Marinha e a empresa de Telefonia Oi e amplia o tráfego de dados e de informações da Estação.

A nova infraestrutura permitirá maior agilidade e autonomia na comunicação feita por pesquisadores e militares, e também a possibilidade da realização de atendimentos médicos por meio da telemedicina, na eventual ocorrência de acidentes graves de trabalho.

Durante a videoconferência, o Comandante da Marinha pontuou que “a oportunidade de termos o peso de três Ministros de Estado tratando das comunicações que vão dar suporte às pesquisas científicas na Antártica é um sinal evidente de que estamos pautados no futuro de nosso País”.

(da esq. p/dir.) Diretor-Geral do Material da Marinha, Almirante de Esquadra Caroli; Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; Controlador-Geral da Unia?o, Wagner de Campos Rosa?rio; Chefe de Assuntos Estrate?gicos do Ministe?rio da Defesa, Almirante de Esquadra Viveiros

Fases de reconstrução

As obras de reconstrução da Estação Antártica Comandante Ferraz foram planejadas para serem executadas em quatro fases distintas e consecutivas, sendo duas de fabricação e pré-montagem na China e duas de montagem na Antártica. Atualmente, as obras se encontram na quarta fase, que marca o término da montagem do prédio principal e a conclusão dos módulos isolados.

Videoconferência durante visita de ministros e parlamentares às novas instalações da Estação Comandante Ferraz