COBERTURA ESPECIAL - Especial MOUT - Segurança

16 de Março, 2017 - 08:50 ( Brasília )

Exército define ampliação na atuação nas ruas de Porto Alegre

Além da Redenção, militares farão vigilância nas áreas próximas a quartéis. Marchezan Júnior reuniu-se nesta quarta com o comandante militar do Sul.

Além de patrulhar um dos principais parques de Porto Alegre, o Exército ampliará a atuação nas ruas da capital gaúcha. Segundo a prefeitura, uma reunião entre o prefeito Nelson Marchezan Júnior e o comandante militar do Sul, general Edson Leal Pujol, definiu que será realizada também vigilância nas áreas próximas a quartéis, além do compartilhamento de tecnologia com os órgãos estaduais de segurança.

No final do ano passado, a Secretaria Estadual de Segurança anunciou que o Exército auxiliaria a Brigada Militar no patrulhamento do Parque Farroupilha (Redenção), na Região Central da cidade. Soldados da corporação também trabalhariam na construção do Centro de Triagem no bairro Partenon. Inaugurado no ano passado, o espaço para acomodar presos provisórios é uma medida com objetivo de atenuar o problema da superlotação em celas de delegacias.

Nesta segunda (13), secretário da Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Cezar Schirmer, anunciou em Caxias do Sul, na Serra gaúcha, a participação do Exército para reforçar o policiamento nas ruas da cidade. No início deste ano, Schirmer havia dito que o governo aceitaria a ajuda do Exército e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no patrulhamento das fronteiras.

Já na tarde desta quarta-feira (15), durante o encontro entre Marchezan e Pujol, foi realizado um exercício envolvendo soldados, guardas municipais, policiais militares e agentes de trânsito no Parque Farroupilha. O oficial explicou ao prefeito que a cooperação do Exército pode ser feita por meio de exercícios integrados com os órgãos de segurança.

"A parceria que estamos fazendo a partir de hoje deve trazer um grande benefício à cidade", disse o general.

O prefeito destacou a importância da medida devido aos problemas que a cidade enfrenta na área da segurança. Na noite desta terça-feira (15), um jovem 20 anos foi morto durante um assalto no bairro São Geraldo.

"Estamos vivendo uma grave crise, a situação mais crítica que a nossa Capital enfrenta. Só vamos superar isso se unirmos nossas forças, todas as esferas de governo e sociedade, e conseguirmos mudar a mentalidade para que todos façam a sua parte na construção de uma cidade melhor", afirmou.

Leia também:

Governo do RS anuncia parceria com o Exército em Caxias do Sul [Link]

GLO - CMS realiza Exercício Guarujá [Link]


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


PCC - Gangues

PCC - Gangues

Última atualização 17 DEZ, 20:52

MAIS LIDAS

Especial MOUT