COBERTURA ESPECIAL - LAAD 2017 - Segurança

12 de Março, 2017 - 15:40 ( Brasília )

Do PCC à Lava Jato: Lideranças e especialistas reúnem-se no Rio para discutir o aperfeiçoamento do combate ao crime organizado e corrupção

emas como o sistema prisional brasileiro e o novo cenário de compliance e investigações de corrupção nas empresas serão debatidos durante o VI Seminário de Segurança, que acontece durante a LAAD Defence & Security 2017



A presença do crime organizado nas recentes rebeliões registradas nas penitenciárias brasileiras e a Operação Lava Jato, dois temas aparentemente distintos, reacenderam um debate em comum: como os governos e as empresas podem aperfeiçoar a inteligência em gestão para combater o crime organizado e a corrupção?

O desafio é enorme. Só os peritos da Polícia Federal já coletaram cerca de 1,2 milhão de gigabyte de dados e informações em operações de busca e apreensão em servidores e computadores das empreiteiras envolvidas em negócios suspeitos investigados pela Lava Jato.

Por outro lado, as corporações brasileiras começam a investir cada vez mais em programas de ética e compliance. Realizada pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle (MTFC) e pelo Instituto Ethos para identificar publicamente as empresas comprometidas com prevenção e combate à corrupção, o Pró-Ética registrou a participação, em 2016, de 195 companhias, de diversos portes e ramos de atuação, número 101% superior à edição de 2015 e recorde no comparativo dos últimos seis anos, desde a criação do programa.

Neste cenário surgem algumas perguntas: Como a polícia e a justiça podem organizar e apurar as informações para dar maior celeridade aos processos judiciais? Como as autoridades podem aprimorar as gestões dos presídios para evitar mais revoltas e mortes? Como as empresas podem ampliar os programas de ética e compliance? As questões serão respondidas no VI Seminário de Segurança, que acontece durante a LAAD Defence & Security 2017 no Rio de Janeiro, entre os dias 4 e 7 de abril. Com o tema Como manter e aperfeiçoar o trabalho integrado em segurança, o encontro tem três módulos: no dia 4 aborda Integração de Seguranças; no dia 5, Segurança Pública; e, no dia 6, Segurança Corporativa.

“O objetivo é apresentar o que há de inovador em gestão da segurança pública e corporativa, apontando qual o futuro desses segmentos na visão de lideranças e especialistas”, afirma Sergio Jardim, diretor geral da Clarion Events Brasil, organizadora do evento.

Já confirmaram presença no seminário o general Sergio Etchegoyen, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República; Célio Ribeiro, presidente Executivo da ABRID (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital); Gilmar Esteves, IT Security Officer na Stone Payments; e Fernando Macedo, coordenador geral da Diretoria de Conformidade na Eletrobras.

Programação - O Módulo Integração de Seguranças, que acontece dia 4, das 14 às 17 horas, trata de temas como “Monitoramento de grupos organizados, manifestações e combate ao terrorismo e danos ao patrimônio” e “Uso de VANT´s e RPAs para a Vigilância de grandes áreas”. Na programação consta, ainda, o painel “Visões sobre integração e compartilhamento de dados em segurança”.

O módulo Segurança Pública abordará, no dia 5, das 10 às 17 horas, as apresentações “Modelo mundial de integração em segurança pública: Sistema gerencial da Polícia Civil do Rio de Janeiro”; “Os instrumentos de menor potencial ofensivo e sua correlação com os modelos de uso da força”; “Organizações criminosas: desafios no século XXI”; e “Gestão em sistema prisional: Estruturação, modernização e profissionalização”, além de um painel composto por comandantes da Polícia Militar.

E, por fim, no dia 6, no módulo Segurança Corporativa, os temas discutidos, das 10 às 17 horas, serão “Estratégias de prevenção contra atos de interferências ilícitas às estruturas críticas”; “Os Desafios da Identificação Digital”; “O novo cenário de compliance e investigações de corrupção nas empresas”; e “Visões sobre o mercado de segurança”. Dois painéis ainda compõem a programação: “Questões atuais em Cibersegurança corporativa” e “Ferramentas de gestão em segurança corporativa”.

A programação completa do VI Seminário de Segurançapode ser consultada em
http://www.laadexpo.com.br/br/seminarios/agenda/vi-seminario-seguranca-laad

e o credenciamento de imprensa para cobrir o evento deve ser feito em

credencial.online/laad2017/imprensa/.

Sobre a LAAD Defence & Security - Maior e mais importante feira de defesa e segurança da América Latina, a LAAD Defence & Security chega em 2017 a sua 11ª edição. Reúne bienalmente no Riocentro, no Rio de Janeiro, empresas brasileiras e internacionais especializadas no fornecimento de soluções para as três Forças Armadas e Forças Policiais. Além de exposição, o evento conta com programa de conteúdo exclusivo como o Seminário de Defesa LAAD e o Seminário de Segurança LAAD. Na última edição, em 2015, o evento reuniu 642 marcas expositoras de 41 países, 36.250 visitantes de 90 países e 170 delegações oficiais de 74 países.

Clarion Events - Por mais de 65 anos, a Clarion Events dedica-se à promoção e organização de feiras de negócios, eventos e congressos. Reúne aproximadamente 700 mil visitantes e congressistas e 12 mil expositores e patrocinadores em mais de 200 eventos realizados ao redor do mundo. A Clarion Events tem presença global – atua em 12 escritórios em 9 países e está no Brasil desde 2008.

LAAD Defence & Security 2017 - Feira Internacional de Defesa e Segurança

Data: 04 a 07 de abril

Local: Riocentro - Av. Salvador Allende, 6.555 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ

Horário da Exposição: 04 a 06 de Abril - das 10h às 18h / 07 de Abril - das 10h às 17h

Horário dos Seminários: 04 de Abril - das 14h às 17h / 05 e 06 de Abril - das 10h às 17h


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Pacífico

Pacífico

Última atualização 27 ABR, 11:00

MAIS LIDAS

LAAD 2017