COBERTURA ESPECIAL - LAAD 2015 - Tecnologia

06 de Maio, 2015 - 09:30 ( Brasília )

Motorola avança no mercado com equipamentos de alta tecnologia


Júlio Ottoboni
 

O diretor de vendas para governo, estados e municípios da Motorola Solutions, Elton Borgonovo, apresentou uma série de inovações criativas e altamente sofisticadas para a área de segurança pública na última edição da Laad. Algo que parece ter saltado dos roteiros de cinema de ficção científica policial. Mas que na verdade são bastante reais e possíveis de ser adquiridas pelas forças de segurança pública e de defesa, áreas de atuação da companhia norte-americana.

No conjunto imenso de soluções estão equipamentos que transformam motocicletas e viaturas em grandes centrais de comunicação em tempo real, a aplicação do conceito Agente do Futuro, sistema de rádios com a supressão total de ruídos, portal inteligente de Dados e o sistema Wave, que permite os rádios a operarem nos sistemas distintos de P25 (EUA) e Tetra (Europa).

A empresa investiu no ano passado pesadamente em pesquisa e desenvolvimento. Foram US$ 680 milhões para ampliar seu leque de possibilidades dentro do mercado de comunicação. “Esse valor é a soma do que foi investido neste segmento por todos nossos concorrentes”, comemora o executivo Borgonovo.

E a comemoração não é para menos. Pois as soluções encontradas são incríveis. A começar pela motocicleta inteligente, que é um dos produtos de maior destaque dentro do conceito de equipar as polícias para cidades mais seguras. Visualmente espetacular, ela já está em operação pela Polícia Rodoviária Federal com 650 unidades com a tecnologia Tetra.

O policial não necessita tirar as mãos do guidão para receber e emitir informações via rádio e com acessórios com a tecnologia bluetooth. O capacete é integrado com o equipamento integrado na moto, via wireless.

“A solução foi totalmente desenvolvida e integrada por nossa equipe da Motorola Brasil, hoje temos um equipamento melhor que inclusive os usados nas motos dos policiais dos Estados Unidos”, comentou satisfeito o diretor da empresa.

Uma viatura também totalmente inteligente é outro ponto alto da nova linha de produtos. Com câmeras de monitoramento com transmissão remota em tempo real a partir de um comando dado pelo usuário ou mesmo, por exemplo, por sensores ativados na abertura da porta. Uma central a distância que se utilize da rede LTE conseguirá captar as imagens ou ter o computador de bordo acessado. O usuário ainda consegue manter a comunicação com a viatura até uma distância de 100 metros por um microfone de lapela e alto falante sem fio. O rádio usado é um P-125.

O conceito implementados em equipamentos para o agente do futuro, um oficial de segurança pública capacitado com as mais diversas tecnologias operações de comunicação a distância, transforma o oficial de segurança pública comum em um policial do futuro. Uma visão aprimorada do que a ficção científica policial já previu no cinema.

O agente é conectado por um cinto que dá informações via sistema 4G e com uma série de instrumentos para lhe auxiliar em operações criticas. Ele estará totalmente conectado por comunicadores via bluetooth, inclusive com óculos inteligentes que fornecem informações em uma lente inteligente como trocas de canal e mensagens de texto.

De posse de um cinto também conectado, o policial terá sensores que transmitem o momento que ele retira a arma do coldre e dispara um sinal de emergência para a central, que inclui foto para o sistema de alerta.

“Esse equipamento tira fotos, transmite as imagens em tempo real, pode ainda receber imagens de drones em seu óculos inteligente, é um produto fantástico. Ainda não o vendemos aqui no Brasil, mas creio que será questão de tempo apenas”, explica Borgonovo.



Outras coberturas especiais


Crise

Crise

Última atualização 21 NOV, 11:10

MAIS LIDAS

LAAD 2015