COBERTURA ESPECIAL - Gripen NG Brazil - Aviação

16 de Junho, 2017 - 00:02 ( Brasília )

Gripen NG - MD e FAB Acompanham Voo na Suécia

O ministro da Defesa Raul Jungmann e o Comandante da FAB Brigadeiro Nivaldo Rossato acompanharam as ativaidade na Suécia.



Aspirante Cristiane dos Santos
Agência Força Aérea


Ocorreu na manhã desta quinta-feira, 15 de junho, o primeiro voo da nova geração do Gripen, caça inteligente, que representa a plataforma base da aeronave que será utilizada pela Força Aérea Brasileira (FAB). O voo inaugural saiu às 5h32, horário de Brasília (10h32, horário da Suécia) e foi conduzido por um piloto de testes da empresa sueca SAAB.
 
A aeronave, de registro 39-8, decolou do aeródromo da SAAB, em Linköping (Suécia), e sobrevoou a porção leste de Östergötland por 40 minutos. Durante o voo, a aeronave realizou diversas operações para atender a vários critérios do teste, inclusive recolhimento e abaixamento do trem de pouso.

“O voo ocorreu conforme o esperado, e o desempenho da aeronave foi similar à experiência dos nossos simuladores. Sua aceleração é impressionante e a aterrissagem é suave. Não preciso nem dizer que estou muito feliz em ter pilotado o voo inaugural”, disse Marcus Wandt, piloto de teste experimental da Saab.

Segundo o Coronel Aviador Denison José Leite Ferreira, chefe da Seção Técnica do Grupo de Acompanhamento e Controle da FAB na Saab, este voo não é especificamente de um dos exemplares de Gripen NG adquiridos pelo Brasil. No entanto, é um marco importante, porque é o primeiro protótipo da plataforma que é a base para as aeronaves brasileiras. "Este primeiro voo faz parte do desenvolvimento do projeto. O desenho da versão monoposto da aeronave brasileira já está pronto, como foi demonstrado no voo de hoje, mas ainda faltam os ajustes. As capacidades deste novo modelo precisam ser testadas”, explica.

Este foi apenas o primeiro de uma série de muitos voos de ensaio que ocorrerão. Esta aeronave conta com as funcionalidades comuns do novo modelo do Gripen e foi construída com a finalidade exclusiva de realizar testes. Outras duas aeronaves serão montadas para avaliação do novo modelo. Posteriormente, outros dois aviões, dessa vez dentre os exemplares destinados à FAB, serão empregados para os testes das especificidades brasileiras até que se chegue à completa capacidade para o emprego operacional.

“Hoje, voamos este caça de nível mundial pela primeira vez. Nós conseguimos isso com o software totalmente qualificado para o revolucionário sistema de aviônica. O objetivo é entregar aos clientes uma aeronave inteligente, que levou o futuro em consideração desde a sua concepção. As atividades de teste em voo seguirão contribuindo para este objetivo, mantendo o programa no caminho certo para atingir o cronograma de entrega para os clientes brasileiros e suecos em 2019”, destacou Jonas Hjelm, vice-presidente sênior e responsável pela unidade de negócios Aeronáutica da Saab.
 
Gripen NG
 
O Brasil está adquirindo 36 novas aeronaves de caça Gripen NG de múltiplo emprego. O caça sueco é um modelo supersônico monomotor projetado para missões ar-ar, ar-mar e ar-solo sob quaisquer condições meteorológicas.

A versão brasileira, desenvolvida em parceria com empresas locais, contará com modernos sistemas embarcados, radar de última geração e capacidade para empregar armamentos de fabricação nacional.




A previsão é que os 36 caças Gripen NG sejam entregues à Força Aérea Brasileira entre 2019 e 2024. A principal base de operações do Gripen será na Ala 2, antiga Base Aérea de Anápolis, no interior de Goiás, podendo operar a partir de pistas de pouso espalhadas em todo o País.

Com 14,1 metros de comprimento e 8,6 metros de largura, o Gripen NG atinge mais de duas vezes a velocidade do som e possibilitará que os pilotos da FAB sintam até nove vezes a força da gravidade quando fizerem manobras.

Pela primeira vez em 76 anos de existência, a FAB terá uma aeronave de superioridade aérea avançada de acordo com a tecnologia de seu tempo. Em termos de capacidade de combate e alcance operacional, o Gripen NG vai cumprir a mesma tarefa de quatro caças F-5M Tiger II, atualmente a principal e mais rápida aeronave militar de serviço no Brasil.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


PROSUPER

PROSUPER

Última atualização 12 DEZ, 16:30

MAIS LIDAS

Gripen NG Brazil

1
07 DEZ, 10:00

O ataque da Saab