COBERTURA ESPECIAL - Guerra Hibrida Brasil - Segurança

17 de Janeiro, 2019 - 11:00 ( Brasília )

Ceará - Polícia Civil localiza cerca de 600 kg de material explosivo roubado


 

Secretaria de Segurança Ceará

Recomendada a matéria

CEARÁ - Cinco toneladas de explosivos apreendidas Link
 


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) localizou mais uma parte da carga de explosivos roubada, em dezembro do ano passado, na manhã de quarta-feira (16JAN2019), em um apartamento no bairro Granja Lisboa, na Área Integrada de Segurança 2 (AIS 2).


Com base em investigações iniciadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e na troca de informações de inteligência, a Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (DRACO) deflagrou a operação que resultou na apreensão de quase 600 kg de uma substância derivada da mistura de nitrato de amônia com óleo combustível.

A ação contou com apoio de inteligência do Departamento de Inteligência Policial (DIP) e apoio operacional da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), da Unidade Tático Operacional (UTO) e do DHPP.

Em continuidade ao trabalho investigativo que culminou na apreensão de cerca de cinco toneladas de material explosivo e na condução de seis pessoas suspeitas de envolvimento na série de atos criminosos ocorridos nos últimos dias em Fortaleza, no último sábado (12JAN2019), os policiais civis trocaram informações e seguiram pistas de onde o restante do material poderia estar escondido.

Além da carga de explosivos, foram apreendidos dois mil metros de cordel detonante, 13 unidades de retardo (dispositivo que permite a explosão com atraso de artefato explosivo) e 350 sistemas de acionamento não elétrico. Durante a ofensiva policial, alguns suspeitos foram levados para a sede da DRACO, no bairro Aeroporto, onde serão ouvidos.

Presente no local da ocorrência, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, atribuiu o resultado positivo dessa ação à união das forças de segurança municipais, estaduais e federais no combate ao crime organizado. “A gente vê um grande modelo que está acontecendo aqui no Ceará, um trabalho de integração de todas as forças do Estado do Ceará, forças federais, Secretaria de Operações Integradas (SOI) da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Força Nacional, todo o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), que tem nos apoiado, assim como o Ministério da Defesa, especialmente através do Exercito Brasileiro, e forças municipais, como a guarda municipal. O trabalho de integração tem trazido um grande volume de prisões, cada vez mais através das investigações criminais da nossa Polícia Judiciária, com a qualificação maior dessas prisões”.

O secretário enumerou as diversas ações em andamento para capturar os suspeitos envolvidos nas ações criminosas e para assegurar o acesso da população aos serviços públicos. “O trabalho de integração tem nos levado às pessoas que estão comandando ataques e comercializando explosivos. Tivemos uma apreensão da DRACO com mais de sete mil litros de combustível, de uma venda clandestina que, comprovadamente, estava fornecendo combustível para ataques incendiários na cidade. Todo esse trabalho de investigação tem levado a prisões. Esse é mais um duro golpe que a gente dá no crime organizado. E o trabalho não terminou, continua com todas as forças nas ruas. Destaco também o papel fundamental da Polícia Militar, que somado a Força Nacional, vem garantindo ao máximo a normalidade dos serviços públicos, como o transporte público e a coleta de lixo”.

Cumprimentos

O governador Camilo Santana usou seu perfil nas redes sociais para parabenizar os policiais civis em mais uma missão bem-sucedida. “A nossa polícia apreendeu hoje centenas de quilos de material explosivo que vinha sendo utilizado por bandidos em atos criminosos, além da prisão de envolvidos. Mais um importante trabalho realizado pela nossa Polícia Civil que, juntamente com as forças de segurança do Ceará, tropas federais e estados parceiros, têm feito um trabalho exemplar no combate ao crime e proteção dos cearenses”, destacou Camilo, no Facebook e no Instagram.

De igual forma, o delegado geral da Polícia Civil, Marcus Rattacaso enalteceu o esforço e resultado positivo das equipes envolvidas na ação. “Dirijo-me a todos os policiais civis (delegados, inspetores e escrivães) que estão conosco nessa luta incessante para a localização dos explosivos roubados dia 20DEZ2018. Neste momento, é necessário agradecer a cada um de vocês o empenho, o compromisso e acima de tudo o profissionalismo e o elevado espírito público. Mais uma vez a Polícia Civil do Estado do Ceará demonstra seu valor e sua importância no combate as organizações criminosas. Essas apreensões dos explosivos representam um duro golpe nessas organizações. São operações qualificadas dessa natureza que enobrecem e elevam nossa instituição. Parabéns a todos, em especial as equipes da DRACO, DHPP, DIP, UTO, DRF”.

Trabalho técnico

Após terem sucesso na localização dos explosivos, uma equipe do Esquadrão Antibombas do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e profissionais da Perícia Forense do Estado do Ceará (PEFOCE) foram acionados para realizar os procedimentos de avaliação e perícia do material e do local. Militares do Exército Brasileiro realizaram o trabalho seguro da carga de explosivos e dos demais materiais.
O crime

No último 20 de dezembro, um caminhão carregado com explosivos foi roubado, na cidade de Aquiraz – Área Integrada de Segurança 13 (AIS 13). O veículo foi abandonado horas depois e encontrado nas proximidades do Anel Viário, em Maracanaú (AIS 12), já sem o carregamento. As investigações são conduzidas pela Polícia Civil, que segue com as diligências no intuito de capturar outros suspeitos envolvidos na ação criminosa.

Denúncias

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que a população pode contribuir com as investigações da Polícia Civil dando informações sobre pessoas envolvidas em atos criminosos. As denúncias anônimas podem ser feitas pelo Disque Denúncia 181 da SSPDS ou pelo WhatsApp da DRACO pelo número (85) 98969-0182, por onde podem ser enviados vídeos, áudios fotos e textos que auxiliem na captura de criminosos e na localização de materiais ilícitos. A identidade do denunciante é mantida em sigilo.


Matérias Relacionadas

Gen Ex Pinto Silva - A Luta Surda para a Tomada do Poder no Brasil Link

Woloszyn - A Insurgência no Brasil como Instrumento de Desestabilização do Poder Link

CEARÁ - Cinco toneladas de explosivos apreendidas Link

 


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Brasil - Argentina

Brasil - Argentina

Última atualização 15 JUN, 16:40

MAIS LIDAS

Guerra Hibrida Brasil