COBERTURA ESPECIAL - Guerra Hibrida Brasil - Aviação

04 de Junho, 2018 - 10:40 ( Brasília )

Militares da FAB garantem segurança em rodovias de SP

Objetivo é garantir o fluxo e a segurança dos motoristas

Tenente Kramer, Tenente Gabrielli e Major Alle
 

Setenta militares do Grupamento de Segurança e Defesa de São Paulo (GSD-SP) estão envolvidos, desde a madrugada da última quarta-feira (30), na Operação de Garantia da Lei de da Ordem denominada São Cristovão, que tem como objetivo realizar ações de polícia aeronáutica em prol do restabelecimento do trânsito nas rodovias do Estado, garantindo o fluxo e a segurança dos motoristas.

O GSD-SP fica sediado na Base Aérea de São Paulo. Em ação conjunta com o Exército Brasileiro, o GSD-SP atuou na Rodovia Régis Bittencourt, BR-116, que liga o Estado de São Paulo ao Paraná, e, a partir desta sexta-feira (01) encontra-se na área do Porto de Santos.

O planejamento das ações atende aos objetivos da Operação São Cristóvão, que são manter desbloqueadas as principais bases de abastecimento de combustível do País, assegurar o reabastecimento de querosene de aviação para os aeroportos e de diesel para os serviços essenciais (transporte público, segurança pública e geração de energia).

A Operação também visa à garantia de insumos para o sistema de saúde, onde a Força Aérea Brasileira também tem atuado, com o transporte de medicamentos por via aérea. “O ponto de maior destaque na atuação foi a rápida mobilização e resposta ao acionamento realizado pela Esquadrilha Bandeirante [fração de tropa de Infantaria da Aeronáutica empregada], que, em poucos minutos, saiu da Base Aérea de São Paulo com destino aos locais de atuação”, informou o Tenente de Infantaria João Lourenço Espolaor Neto, Comandante da missão.

O Sargento Edplo Gonçalves, que está participando da missão, relatou que as atividades no local estão sob controle. “No momento, as tropas continuam nas rodovias e no Porto de Santos para garantir a segurança daqueles que desejam seguir viagem.

As vias estão normalizadas, com total aceitação dos caminhoneiros. É muito gratificante ver que nosso trabalho se converteu em missão cumprida”, complementou o militar.

Fotos: Cabo Mazzoni / Base Aérea de São Paulo

Esquadrão Onça transporta medicamentos para Campo Grande¹

O Esquadrão Onça (1°/15° GAV), sediado na Ala 5, transportou 397 kg de medicamentos para Campo Grande (MS) no dia 31/05. Os medicamentos foram trazidos do Rio Grande do Sul e de Goiás para serem distribuídos no Mato Grosso do Sul, a fim de reestabelecer os serviços essenciais à população.

O transporte destes materiais, realizado com um avião C-105 Amazonas, faz parte da Operação São Cristóvão. O Comandante do Esquadrão Onça, Major Aviador Bruno Morelo Rocha, explica que a unidade tem realizado outras missões em apoio à Operação.

"Nós temos feito, também, o transporte de militares para localidades em que há necessidade do emprego destes”, explicou. Atuação da FAB O transporte de medicamentos pela Força Aérea Brasileira (FAB) faz parte da Operação São Cristóvão, criada pelo Ministério da Defesa por meio da Diretriz Ministerial nº 6/2018.

A FAB está engajada nesse tipo de apoio desde o início desta semana. Já foi realizado o transporte de 23 toneladas de medicamentos entre as cidades de Montes Claros (MG) e Recife (PE) e o transporte de 25 toneladas entre São Paulo (SP) e Salvador (BA).

 
Fotos: Ten Handa/1/15 GAV e Cabo Silveira/Ala 5


¹por Ala 5, Tenente Barbieri, Tenente Gabrielli e Major Alle- Agência Força Aérea / FAB


Outras coberturas especiais


Africa

Africa

Última atualização 16 OUT, 15:25

MAIS LIDAS

Guerra Hibrida Brasil