COBERTURA ESPECIAL - Fronteiras - Terrestre

21 de Agosto, 2019 - 10:00 ( Brasília )

Operação Ágata prossegue na região da Tríplice Fronteira

Com ações do 34º Batalhão de Infantaria Mecanizado

O 34º Batalhão de Infantaria Mecanizado (34º BI Mec) iniciou, em 15 de agosto, mais um período da Operação Ágata/Fronteira Sul. O foco principal continua sendo as ações de repressão contra o tráfico de armas e munições, assim como ao contrabando e ao descaminho na região da Tríplice Fronteira (Argentina-Brasil-Paraguai).

Os militares do 34º BI Mec estão atuando na Ponte Internacional da Amizade, na fronteira com o Paraguai, na aduana da Receita Federal, na fronteira com a Argentina e no posto da Polícia Rodoviária Federal em Santa Terezinha do Itaipu.

A operação também visa integrar a coordenação com as demais Forças Armadas e os diversos órgãos de segurança pública e de fiscalização federais, estaduais e municipais.



Com amparo no Art. 16-A, da Lei Complementar nº 136, de 25 de agosto de 2010, são conduzidas operações preventivas e repressivas pontuais, tais como patrulhamentos terrestres e fluviais; estabelecimento de postos de bloqueio e controle de estradas, vias urbanas e fluviais; revista de pessoas, veículos, embarcações e aeronaves; e intensificação da fiscalização de produtos controlados.

A operação acontece em todo o oeste do Paraná, com tropas da 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, totalizando cerca de 1.300 homens e mulheres na missão.

Fotos: 34º BI Mec

VEJA MAIS