COBERTURA ESPECIAL - Modernização FAB - Aviação

24 de Outubro, 2019 - 10:00 ( Brasília )

FAB recebe primeiras aeronaves U-100 Phenom

Novo vetor será utilizado pelo 6º Esquadrão de Transporte Aéreo também em missões de transporte de órgãos

Tenente Fraga


A solenidade militar de recebimento de duas aeronaves modelo U-100 Phenom EV pelo Sexto Esquadrão de Transporte Aéreo (6° ETA), conhecido como Esquadrão Guará, foi realizada, nesta quarta-feira (23), em Brasília (DF), e presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

Reconhecendo o esforço da Força Aérea Brasileira em prol do fortalecimento da Indústria Nacional de Defesa, o Comandante da Aeronáutica destacou a importância dos novos vetores fabricados pela Embraer. “A cada decolagem dos nossos U-100, consolida-se a esperança em uma Força Aérea pujante, moderna e atuante, equipada com uma aeronave de transporte desenvolvida para estabelecer novos padrões de desempenho na sua categoria”, afirmou.

A cerimônia contou com a presença do Comandante de Preparo, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Egito do Amaral; do Comandante de Operações Aeroespaciais, Tenente-Brigadeiro do Ar José Magno Resende de Araujo; do Chefe de Operações Conjuntas do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior; do Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno; do Comandante-Geral do Pessoal da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Luis Roberto do Carmo Lourenço; do ex-Ministro do Superior Tribunal Militar, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcus Herndl; do Tenente-Brigadeiro do Ar Dirceu Tondolo Nôro, além de representantes da Embraer Defesa & Segurança e da Embraer Aviação Executiva, entre outras autoridades.

A aeronave oferece tecnologia avançada ao piloto, antecipa as necessidades, minimiza a carga trabalho e aumenta a consciência situacional. O modelo representa um novo nível estratégico em que se enquadra o 6° ETA, unidade que realiza mais de 40% das missões da FAB de transporte de órgãos e de equipes médicas para transplante.

De acordo com o Comandante do 6º ETA, Tenente-Coronel Aviador Rodrigo Goretti Piedade, a chegada das aeronaves eleva a operacionalidade do esquadrão, trazendo saltos tecnológicos importantes para o cumprimento das missões. “No ano em que o 6º ETA e a Embraer completam seus 50 anos de criação, a entrada em operação do U-100 na FAB trará ainda mais flexibilidade e pronta resposta às demandas do COMAE [Comando de Operações Aeroespaciais], destacando-se o cumprimento de missões de transporte de órgãos e equipes médicas para transplantes”, ressaltou.

6º ETA

Criado em 12 de maio de 1969 pela Portaria R012/GM3 e sediado na Ala 1, o 6º ETA tem a missão de capacitar suas equipagens e equipes de manutenção para o emprego em combate ou em apoio ao combate, em períodos de conflitos, e adestrar-se para o cumprimento das missões de Transporte Aéreo coordenados pela FAB. A Unidade está subordinada diretamente ao Comando de Preparo (COMPREP).

Fotos: Soldado T. Amorim / CECOMSAER


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Expansão Chinesa

Expansão Chinesa

Última atualização 09 DEZ, 12:20

MAIS LIDAS

Modernização FAB