COBERTURA ESPECIAL - Embraer - Aviação

08 de Agosto, 2017 - 10:10 ( Brasília )

Embraer destaca produtividade e disponibilidade do Ipanema 203 no campo


A Embraer vai apresentar a aeronave agrícola Ipanema 203 no Rio Grande do Sul esta semana, durante a edição 2017 do Congresso Sindag, que acontece entre 8 e 10 de agosto, em Canela (RS).

O Ipanema 203 participará da exposição estática e realizará voos diários de demonstração durante o evento. Após pouco mais de um ano do início da operação desse modelo, o destaque são os números já obtidos pelo Ipanema 203 no campo, que evidenciam o bom desempenho da aeronave.

Uma das unidades do Ipanema 203, pertencente a Agropecuária Locks, já superou a marca de mais de 1.100 horas de voo em operações no campo em menos de duas safras, o que denota sua robustez e alta disponibilidade, mostrando que a aeronave está sempre preparada para voar quando requisitada.

Outro destaque da aeronave tem sido o aumento comprovado de sua produtividade no campo – de pelo menos 30% com relação ao modelo anterior.

Lançado em 2015, o modelo atual ganhou dois metros a mais de envergadura de asa em relação ao anterior e hopper com capacidade 16% maior em volume.

As novas tecnologias na aeronave permitem a realização da pulverização com precisão submétrica, graças à implantação do altímetro a laser, ao controle de vazão e à abertura e fechamento automático dos bicos de pulverização por meio do sistema de DGPS – GPS diferencial.

No Ipanema 203 os winglets (pontas das asas) foram reprojetados, aumentando o controle e melhorando a eficiência da pulverização. O avião tem novo sistema de ar condicionado, cinto de segurança com air bag e cabine mais alta, com novo conceito ergonômico. As alavancas de comando e os pedais também foram modificados, com ângulos mais suaves, que permitem controles ainda mais precisos.

“Todas as melhorias feitas levam em consideração as necessidades de nossos clientes e facilitam o dia a dia do operador, pois permitem que ele desempenhe seu trabalho com maior conforto e eficiência. Os resultados das mudanças superaram até mesmo as estimativas iniciais da companhia”, explica Marcelo Gerulaitis, gerente comercial do Ipanema.
 
Para 2017, a Embraer estima entregar de 15 a 20 aeronaves do Ipanema 203, o que indica uma retomada do mercado. Além do cenário econômico mais favorável para o produtor rural, a Embraer projeta o crescimento confiando no feedback positivo obtido dos clientes até o momento: o desempenho da aeronave no campo tem surpreendido favoravelmente pilotos, operadores e produtores.

O Ipanema está presente na aviação agrícola há 45 anos e faz parte da história de sucesso do setor, que ajudou a lavoura brasileira a ser cada vez mais produtiva. O Ipanema é líder de mercado e representa mais de 60% do market share no Brasil com 1.380 unidades entregues ao longo de seus 45 anos de história.



Embraer

Empresa global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A empresa projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer suporte e serviços de pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 130 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.