COBERTURA ESPECIAL - DQBRN - Naval

06 de Setembro, 2017 - 10:45 ( Brasília )

MB participa de IV Exercício Regional em Assistência e Proteção para Estados Partes da América Latina e Caribe


A Marinha do Brasil (MB) participou, de 28 de agosto a 1º de setembro, no Rio de Janeiro, do IV Exercício Regional em Assistência e Proteção para Estados Partes da América Latina e Caribe (EXBRALC), sob a égide da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ).

O exercício, que contou com a participação do Ministério da Defesa, do Ministério da Ciência e Tecnologia e do Ministério das Relações Exteriores, qualificou 20 participantes estrangeiros e 15 representantes brasileiros na resposta e gestão de emergências químicas.

No dia 29 de agosto, as instruções teóricas e práticas estiveram a cargo da Marinha do Brasil, que abordou os seguintes temas: "Triagem e Gerenciamento Médico de Baixas por Agentes de Armas Químicas" e "Descontaminação de Pessoal em Operações Médicas com Agentes de Armas Químicas".

As aulas foram conduzidas sob coordenação do Centro de Defesa Nuclear, Química, Biológica e Radiológica da MB (CDefNBQR-MB), nas instalações do Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais, por militares do Centro de Medicina Operativa da Marinha, do Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais e da Unidade Médica Expedicionária da Marinha.

À ocasião, também foi realizada uma demonstração de evento simulado envolvendo agente químico, com os respectivos procedimentos para resposta e tratamento dos acidentados.

A demonstração contou com a participação de uma aeronave de asa rotativa “Super Cougar”, da Força Aérea Brasileira, configurada para evacuação aeromédica. - O exercício foi de grande importância para a ampliação dos conhecimentos sobre o tema, por estar sob a égide de reconhecida Organização na área e por promover e divulgar o nível de capacitação e aprestamento da MB em Defesa NBQR – avaliou o Comandante do CDefNBQR-MB, Capitão de Mar e Guerra (FN) Roberto Lemos.