COBERTURA ESPECIAL - Doutrina Militar - Terrestre

03 de Dezembro, 2019 - 10:20 ( Brasília )

M109 A5+BR: Uma nova Forma de Atuar da Artilharia do Exército Brasileiro

Blindados de Artilharia passam a mobiliar dois Grupos de Artilharia de Campanha Autopropulsado e realizam demonstração de sua capacidade Santa Maria-RS







Nelson Düring
Editor-Chefe DefesaNet
Fotos Autor, CMS, 3DE e GA

 

Em cerimônia realizada em Santa Maria, na sexta-feira (22NOV2019), foram incorporadas ao Exército Brasileiro, as 32 unidades Viaturas Blindadas de Combate Obuseiro Autopropulsado (VBCOAP) M109 A5+BR, 155 mm, recentemente recebidas pelo Exército Brasileiro, de fabricação e modernizadas pela empresa BAE Systems.

A aquisição desse Material de Emprego Militar (MEM) faz parte do Subprograma Estratégico – Sistema de Artilharia de Campanha (SAC) e visa a transformação e modernização da Artilharia de Campanha, elevando a capacidade operacional do Apoio de Fogo da Força Terrestre.


Autoridades militares, lideradas pelo comandante Militar do Sul, Gen Ex Miotto, políticos e representantes do Governo Americano e da BAE Systems

A solenidade teve a participação das seguintes autoridades:

- Gen Ex Geraldo Antonio Miotto, Comandante Militar do Sul;
-
Dr. José Barroso Filho, Ministro do Superior Tribunal Militar;
- Gen Div Mauro Sinott, Comandante 3ª Divisão de Exército;.
- Gen Div Riyuzo Ikeda, Comandante da 3ª Região Militar;
- Gen Bda Amadeu Martins Marto, AD/3;
- Gen Bda Valerio Lange, Comando Artilharia;
- Sr. Jorge Pozzobon, Prefeito de Santa Maria, e,
demais autoridades civís e militares.

Também representantes do Governo dos Estados Unidos e da empresa BAE Systems.

 

O primeiro evento foi a Solenidade de Recebimento pelos Comandantes das Brigadas e dos Grupos de Artilharia de Campanha Autopropulsado (GAC AP). As novas VBCOAP M109A5+BR mobiliarão dois GAC AP:

- 3º GAC AP, da 6ª Brigada de Infantaria Blindada (6ª Bda Inf Bld), 3ª Divisão de Exército (3ª DE) – Santa Maria / RS

- 5º GAC AP, da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada (5ª Bda C Bld), 5ª Divisão de Exército (5ª DE) – Curitiba/ PR

Ambas grandes unidades do Comando Militar do Sul (CMS).

Em sua fala o Gen Ex Miotto, Comandante CMS expressou a sua satisfação, pois nvos equipamentos e novas capacidades significam o aumento da dissuasão.

Posteriormente as autoridades militares e convidados assistiram uma apresentação do Projeto M109A5+BR, conduzida pelo Gen Bda Marto, AD/3, no Auditório do Simulador de Apoio de Fogo (SIMAF), do Centro de Adestramento-SUL (CA-SUL).

E a evento final foi Demonstração de Tiro Real com uma unidade e um pelotão se posicionando no campo. Coube ao Gen Ex Miotto designar um alvo no Sistema Gênesis e realizar o primeiro disparo oficial do M109A5+BR no Exército Brasileiro.

A aquisição desse Material de Emprego Militar faz parte do Subprograma Estratégico – Sistema de Artilharia de Campanha (SAC) e visa a transformação e modernização da Artilharia de Campanha, elevando a capacidade operacional do Apoio de Fogo da Força Terrestre.

Os 32 obuseiros M109 A5+BR estão concentrados em Santa Maria-RS, desde a sua chegada no Brasil (04OUT2019), para fins de treinamento de militares que operarão o material, bem como os tiros técnico e operacional para a aceitação e o recebimento dos Blindados. (M109 A5+ BR - Exército recebe 32 Obuseiros Link)

 

 O M109 A5+BR

 

O projeto do nova Viatura Blindada de Combate Obuseiro Autopropulsado (VBCOAP) M109 A5+BR iniciou em 2012 e tem características únicas.

A BAE System modernizou a plataforma ao padrão M109A5+, com vários subsistemas do M109A6 Paladin.

Temos a incorporação de sistemas pelo fabricante que caracterizou a versão M109A5+. O BR caracteriza a introdução do Sistema de Georeferenciamento da IMBEL Gênesis e os sistema de comunicação como Radio Mallet e o sistema de intercomunicação THALES SOTAS.

Dados Técnicos

As características básicas da nova Viatura Blindada de Combate Obuseiro Autopropulsado (VBCOAP) M109 A5+BR

Item Especificação
Canhão M284 Comprimento do tubo 39 Cal
Calibre  155 mm
Peso Bruto  25 t
Velocidade  56 km/h
Motor Diesel 440HP
Autonomia  354 km

 

 

O projeto   M109A5+BR

 


Os ganhos com as Novas Capacidades podem ser definidas em 3 campos:

1 – Automotivo / Mobilidade

- Propulsão Motor 440HP e Transmissão Automática XTG411-4
- Nova Lagarta T154
- Suspensão similar a do M109A6 Paladin (permite disparar sem baixar as ponteiras)

2 – Sistema de Arma (alcance e munições)

- Canhão Tubo M284, 155mm, 39 Calibres
- Reparo M182 (conjunto Canhão e Reparo idem ao M109A6 Paladin)
- Travamento do tubo automático (Permite toda a preparação Missão de tiro seja feita de dentro do carro)
- Medidor de Vo (velocidade Inicial)
- Sensor de Movimento (plataforma inercial)
 - Possibilidade de disparar todas as munições padrão 155mm OTAN (incluindo assistidas e especiais como a Excalibur)

3 – Missão de Tiro e C2

- Integração do Sistema de Tiro IMBEL Gênesis
- Sistema de Rádio Digital Falcon III e THALES SOTAS
- Cálculo de elementos de tiro por peça
- Aumento da precisão do cálculo balístico
- Menor tempo para desencadear uma Missão de Tiro
- Maior Letalidade e sobrevivência em combate
- Atirar e sair de posição após cada Missão de Tiro
- Maior autonomia das peças – poderão atuar isoladas

 


A tabela acima é de extrema importância pois mostra que com a mesma carga 8 de propelente há um ganho de 20% no alcance. Com maior precisão e redução substancial no tempo da Preparação da Missão de Tiro.  

Os testes de Missão de Tiro obtidos com as tripulações recém adestradas têm sido excelentes segundo o Gen Bda Marto. Um tempo de posição de tiro foi obtido em 6 minutos. A AD/3  tem como meta 3 a 4 minutos na preparação da Missão de Tiro..


 

Isto dará à Artilharia Brasileira uma capacidade compatível com o “Estado da Arte” internacional da ciência militar. Com capacidade de concentração e dispersão que garante a sobrevivência em um teatro de Operações moderno. Junto ao aumento do alcance do tiro, maior precisão com menor dano colateral e mobilidade a Missão de Tiro da Artilharia Brasileira alcança nível excepcional.
 

Como bem definiu o Gen Bda Marto, Comandante AD/3: "O M109A5+BR traz uma nova forma de atuar da Artilharia do Exército Brasileiro".





A participação da indústria nacional dentro do  Subprograma Estratégico – Sistema de Artilharia de Campanha (SAC) é de suma importância. Na foto o representante da IMBEL Sr Cesar Botti, Diretor de Inovação apresenta a Granada Auto Explosiva - Projétil M795 ao Gen Ex Miotto e Gen Div Sinott.


 


O Futuro
 

No mesmo período em que a Artilharia do Exército Brasileiro incorpora M109A5+BR importantes avanços ocorrem na tecnologia e emprego da artilharia em vários países (ver US ARMY - BAE Systems Desenvolve Obuseiro de Artilharia de Longo Alcance).

DefesaNet trará análise destes eventos e a importância do M109A5+BR  neste contexto.

 


Bateria de M109A5+BR dispara logo após estar em posição para a Missão de Tiro, com precisão de 100%.


Matérias Relacionadas


US ARMY - BAE Systems Desenvolve Obuseiro de Artilharia de Longo Alcance

STERLING HEIGHTS, Michigan — O Exército Americano concedeu contrato de $ 45 milhões de dólares à BAE Systems para o protótipo de Obuseiro de Artilharia de Longo Alcance (Extended Range Cannon Artillery - ...

US - 16 JUL, 21:10


BAE Systems mostra o M109A5+

Brasil, 28 de Março de 2019 – O suporte que a BAE Systems da ao Exército Brasileiro será demonstrado durante a LAAD 2019, no Rio de Janeiro, em que o obuseiro autopropulsado M109A5+ será peça central ...

LAAD 2019 - 29 MAR, 13:20


96 blindados chegam no Paraná para reforçar arsenal do Exército Brasileiro

Uma grande operação logística do Exército começou nesta quarta-feira (3/10), no Porto de Paranaguá. O navio Ocean Giant, de bandeira norte-americana, chegou com 96 blindados que vão aumentar o poder de fogo ...

Aço - Leopard 1A5Br - 05 OUT, 2018
 


 O Remuniciamento no GAC Blindado

Eduardo Caldeira de Faria Rodrigues – Cap Instrutor do CI Bld Carlos Alexandre Geovanini dos Santos – Ten Cel Comandante do CI Bld A Logística, um dos elementos do poder de combate da Força Terrestre, é ...

Tank - 13 ABR, 2018


Artilharia de Campanha Autopropulsada receberá incremento no poder de fogo com novos Obuseiros

No dia 8 de março, o Exército Brasileiro recebeu os primeiros quatro novos Obuseiros Autopropulsados M109 A5, que, gradualmente, irão substituir o material de artilharia similar atualmente em uso. As quatro viaturas foram ...

Terrestre - 09 MAR, 2018


Exército capacita militares para manutenção das novas Viaturas Blindadas M109 A5

Fotos Pq R Mnt/5 - 5ªRM / EB No prosseguimento das atividades atinentes à modernização da Força, o Exército Brasileiro, por intermédio da 5ª Região Militar (5ª RM), ...


Tank - 16 FEV, 2018


Modernização da Artilharia com novo obuseiro M109 A5+ BR

O Exército Brasileiro está se preparando para receber novas unidades do obuseiro autopropulsado M109 A5 "Plus" BR, modelo atualizado da viatura de combate, com mais recursos tecnológicos que seu antecessor. O 5º ...

Terrestre - 08 JUN, 2017


EB - Receberá 32 Obuseiros Autopropulsados M109A5+

Nota Texto em inglês: BAE Systems to Provide Upgraded Self-Propelled Howitzers to Brazilian Army [Link] DefesaNet

Doutrina Militar - 20 SET, 2016


 


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


OTAN

OTAN

Última atualização 06 DEZ, 12:30

MAIS LIDAS

Doutrina Militar