COBERTURA ESPECIAL - Doutrina Militar - Terrestre

18 de Março, 2019 - 09:45 ( Brasília )

Exercício de Desenvolvimento de Liderança (EDL) - Prova Ten Ruy


Desencadeado no dia 11 de março de 2019, de forma inopinada, como é previsto em exercícios desta natureza, teve como participantes todos os Tenentes e 3º Sargentos Combatentes do Batalhão.

Desta vez, a surpresa foi potencializada pela forma inusitada em que a missão chegou às mãos do Tenente mais antigo.
 
Durante a Formatura Geral do Batalhão, um drone conduzindo um envelope pardo sobrevoou a tropa e se posicionou à frente do Tenente Danilo. Este, acionado pelo Cmt do Batalhão, pegou o envelope,  que continha a missão a ser cumprida.

O Exercício de Desenvolvimento de Liderança (EDL) da Unidade foi batizado de Prova Tenente Ruy de Brito Melo, herói do 12 de Guerra, e tem por finalidade criar oportunidades desafiadoras para que os líderes das pequenas frações, ou seja, os Tenentes e 3° Sargentos Combatentes possam aprimorar suas qualidades de Líderes Militares.


 

A Prova Ten Ruy visa desenvolver vários dos atributos de liderança, tais como auto-confiança, capacidade de planejamento, de comando e de controle sobre uma fração de combate, sob condições de stress, fadiga, restrição de sono, de alimentos e de água. Nestas situações adversas os executantes da prova devem solucionar questões que tentam reproduzir a situação de combate.

A Prova Ten Ruy, conforme prevê o Caderno de Instrução do EB sobre EDL, teve duração de 36 horas, contando com uma fase de aprestamento de equipamentos e mochilas, que deveriam pesar ao menos 20 Kg e conter em seu interior todos os kit operacionais necessários, uma fase de preparação e a execução propriamente dita.

Na preparação, foram realizadas duas patrulhas em Ambiente Operacional de Montanha, sendo uma caracterizada por uma infiltração de mais de 30 Km, iniciada  ainda sob luz diurna e concluída no nascer do sol, após exigir toda a noite de deslocamento.

Já a execução contou com seis oficinas com problemas militares variados, nas quais um Comandante e um Subcomandante, previamente selecionados e em sistema de rodízio, eram, prioritariamente, avaliados em funções de comando, devendo externar os atributos de liderança militar.



Enfim, a prova terminou na tarde do dia 12 de março de 2019, tendo todos seus objetivos plenamente alcançados. Cumprimentos à equipe de condução das oficinas e de apoio de saúde, pelo profissionalismo da organização, e parabéns aos Tenentes e 3° Sargentos do 12 de Guerra, executantes da prova, que mais uma vez demonstraram elevada capacidade de liderar Soldados em operações, fazendo jus aos exemplos históricos do Tenente Ruy de Brito Melo e dos Sargentos Clério Bortolo e Matias Júnior, históricos líderes militares do 12 de Ouro.

VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Brasil - EUA

Brasil - EUA

Última atualização 21 AGO, 11:00

MAIS LIDAS

Doutrina Militar