COBERTURA ESPECIAL - Doutrina Militar - Terrestre

21 de Novembro, 2017 - 16:00 ( Brasília )

Flexibilidade, adaptabilidade e experimentação doutrinária marcaram exercício de adestramento e prontidão


Tucuruí (PA) – Entre os dias 13 e 17 de novembro, a única Organização Militar de Cavalaria de Selva do Exército Brasileiro realizou a Operação Lanceiros da Selva II. A operação  teve como objetivo realizar o adestramento em ambiente operacional de selva, no contexto da Amazônia Oriental.

Dentro de uma hipótese de emprego simulada, foram praticadas as técnicas, táticas e procedimentos (TTP) atinentes às missões de patrulha, nos diversos tipos e modais de deslocamentos.

 
 

Foram desenvolvidas, em um planejamento detalhado de cada ação, diversas atividades como: apronto operacional, ocupação e mudanças de base patrulha, patrulha de resgate, patrulha de contato, patrulha de ressuprimento, patrulha de emboscada com tiro real, lançamento de granadas de bocal, manuseio de explosivos, operações ribeirinhas com tiro real embarcado, e operação de eliminação, com uso do paintball.

Com isso, os Lanceiros da Selva se adestraram no planejamento e execução, além de coordenação e controle de operações ligadas à doutrina do Combate da Resistência, realizando ainda, a contínua experimentação doutrinária do Pelotão de Cavalaria de Selva.