11 de Janeiro, 2019 - 10:45 ( Brasília )

Defesa

Cerimônia de transmissão de cargo das chefias do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas e da Secretaria-Geral do Ministério da Defesa


Nesta terça-feira (15), 16h, no Clube da Aeronáutica, em Brasília, ocorre a cerimônia de transmissão de cargo das chefias do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA) e da Secretaria-Geral (SG) do Ministério da Defesa.

O tenente-brigadeiro do Ar Raul Botelho assumirá a chefia do Emcfa no lugar do almirante de Esquadra Ademir Sobrinho. Na Secretaria-Geral, o almirante de Esquadra Almir Garnier Santos substituirá o tenente-brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira.

Os veículos interessados em fazer a cobertura do evento devem enviar até esta sexta-feira (11), 17h, solicitação de credenciamento para o e-mail ascom@defesa.gov.br, informando nome completo dos profissionais, número da identidade e telefones de contato.

A Ascom do Ministério da Defesa credenciará uma equipe de cada veículo. Solicitamos aos profissionais que cheguem ao local com, pelo menos, 40 minutos de antecedência.

EMCFA

Compete ao EMCFA elaborar o planejamento do emprego conjunto das Forças Armadas e assessorar o ministro da Defesa no planejamento das operações e exercícios conjuntos, como em operações de paz.

O próximo chefe do EMCFA é natural de São Paulo. Ele ingressou na Força Aérea Brasileira em 1973 e foi promovido ao último posto da carreira em março de 2015. Entre as funções que ocupou nos 45 anos de serviço, destacam-se observador militar da ONU em Moçambique, África, assessor na Secretaria de Acompanhamento e Estudos Institucionais do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, representante do Brasil na Junta Interamericana de Defesa em Washington, EUA, comandante da Primeira Força Aérea e do Terceiro Comando Aéreo Regional.

O brigadeiro Botelho também esteve à frente do Departamento de Ensino da Aeronáutica e foi Comandante-Geral do Pessoal. Antes de assumir o EMCFA, chefiava o Estado-Maior da Aeronáutica, desde abril de 2016. Ele possui 3,6 mil horas de voo em nove tipos distintos de aeronaves.

Secretaria-geral

A SG define diretrizes, supervisiona, coordena e controla as demais secretarias integrantes da estrutura do MD e do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam); e realizar outras atividades inerentes à sua área de atuação.

O almirante Garnier nasceu no Rio de Janeiro em 1960. Ele formou-se na Escola Naval (Rio de Janeiro-RJ), em 1981, conquistando a primeira colocação no Corpo da Armada. Entre as atividades que desenvolveu, destacam-se o comando do navio de apoio logístico "Almirante Gastão Motta", do Centro de Apoio a Sistemas Operativos, do Centro de Análises de Sistemas Navais e da Escola de Guerra Naval. Esteve à frente do Comando do 2° Distrito Naval e atuou como assessor especial militar dos ministros da Defesa, Celso Amorim, Jaques Wagner, Aldo Rebelo e Raul Jungmann. O almirante Garnier possui mais de 950 dias de mar.

Serviço:

Evento: Transmissão de cargo das chefias do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas e da Secretaria-Geral do Ministério da Defesa

Dia: 15/01/2019 (Terça-feira)

Horário: 16h

Local: Clube da Aeronáutica (Setor de Clubes Esportivos Norte, trecho 1, lotes 1/2 A)

Em caso da presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, a solicitação de credenciamento deverá ser refeita no site do Planalto.


VEJA MAIS