COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Terrestre

24 de Maio, 2019 - 11:00 ( Brasília )

Competição virtual envolvendo militares de 10 países coroa 4º Estágio Internacional de Defesa Cibernética


O 4º Estágio Internacional de Defesa Cibernética reuniu, em Brasília, militares de dez nações amigas. Promovida pelo Centro de Instrução de Guerra Eletrônica, o evento chegou ao final nesta sexta-feira, 24 de maio, após duas semanas de atividades.

O exercício que coroou o estágio ocorreu no dia anterior, com os estagiários colocando em prática os ensinamentos adquiridos. Tratou-se do Capture The Flag (ou CTF), competição na qual os estagiários buscaram soluções para desafios propostos pelos coordenadores no âmbito da segurança da informação.

Durante a CTF, os estagiários empregaram um software de produção nacional, o Simulador de Operações Cibernéticas (SIMOC). Para cada desafio proposto, ficou estabelecida uma pontuação específica.



Nesse exercício, os estagiários empregaram aspectos como vulnerabilidades de sistemas operacionais e redes WI-FI, análise e engenharia reversa de códigos maliciosos e criptografia.

A quarta edição do estágio buscou a capacitação de pessoal no desenvolvimento de ações de proteção de redes de computadores e sistemas de informação, a promoção de intercâmbio doutrinário e técnico, além do incremento da cooperação na área de Defesa Cibernética.

Além do Brasil, participaram do evento militares da Argentina, Chile, Equador, Estados Unidos, Guiana, Indonésia, Paraguai, Portugal e Uruguai.


VEJA MAIS