COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Tecnologia

28 de Novembro, 2018 - 11:45 ( Brasília )

Brasil é o 2°país com o maior número de ameaças de e-mail

Além disso, o novo relatório da Trend Micro mostra também que o Brasil está entre os cinco países que mais tiveram os cinco países com o maior número de malwares detectados

O relatório da Trend Micro “Smart Protection Network”, referente ao mês de setembro, aponta que o Brasil é o segundo colocado no Top 5 dos países com o maior número de ameaças de e-mail bloqueadas pela Trend Micro. Nos relatórios de agosto o Brasil estava na terceira colocação e nos dois meses prévios o Brasil não aparecia na lista, enquanto, no mês de setembro, foram mais de 270 milhões de e-mails bloqueados.

O Serviço de Reputação de E-mail (ERS, na sigla em inglês), que filtra e-mails e protege as empresas contra spam, vírus e conteúdo inapropriado antes de atingirem sua rede, bloqueou no período da pesquisa cerca de 4 bilhões de ameaças.

Segundo Tales Casagrande, Especialista de Segurança da Informação da Trend Micro, não é de se surpreender que os hackers tentem tirar vantagem dos e-mails para fins maliciosos, já que o e-mail é uma das maneiras mais utilizadas para enviar e receber arquivos na internet.



“É de extrema importância que as organizações se protejam da melhor forma, pois o vazamento das informações para cibercriminosos pode causar danos prejudiciais, tanto a níveis internos, quanto a de informações de seus clientes”.

Aumento dos malwares detectados

Quando o assunto são malwares, o Brasil também aparece no Top 5 dos países com o maior número de malwares detectados pela Trend Micro, com 2,6 milhões de softwares maliciosos detectados em agosto. “A maneira de evitar os malwares e os estragos que podem causar é corrigindo e blindando as vulnerabilidades do sistema e se equipando de softwares que criem dificuldades para a invasão de cibercriminosos”, explica Tales.



Além disso, o Brasil aparece também no quinto lugar entre os cinco países com o maior número de malwares PoS detectados no mês de agosto. Esse malware tenta roubar informações relacionadas a transações financeiras, incluindo informações de cartão de crédito, afetando dispositivos point-of-sale (PoS), que são máquinas que permitem que localizações de varejo aceitem pagamentos com cartão.

De acordo com Tales, por causa de sua efetividade, os malwares PoS devem ser cada vez mais difundidos, inclusive criando ramificações para variadas outras famílias de malwares.

“O malware financeiro é uma das maiores ameaças virtuais no mundo corporativo, então o aumento de sua incidência é preocupante, entretanto compreensível, uma vez que as ameaças crescem conforme o mercado de tecnologia ganha espaço”, finaliza Casagrande.

Trend Micro Smart Protection Network

O relatório Trend Micro Smart Protection Network é divulgado pelo TrendLabs com atualizações mensais sobre o cenário de ameaças. Além dos sensores da SPN, os dados coletados também vieram de pesquisadores da Trend Micro, da equipe do Zero Day Initiative (ZDI), da equipe de Threat Hunting, da equipe de Serviço Móvel de Reputação de Aplicativos (MARS) e da Smart Home Network (SHN).
Aqui podem ser acessados os estudos completos sobre os meses de agosto e setembro.



Outras coberturas especiais


PROSUB S40

PROSUB S40

Última atualização 16 DEZ, 14:00

MAIS LIDAS

Cyberwar