COBERTURA ESPECIAL - Crise

16 de Janeiro, 2020 - 11:00 ( Brasília )

EUA retoma operações militares conjuntas no Iraque, diz NYT


Os Estados Unidos retomaram, na quarta-feira (16), as operações conjuntas com o Iraque, suspensas depois do ataque americano com drone que matou um importante general iraniana em Bagdá - informou o jornal "The New York Times".

Dois funcionários militares citados pelo jornal disseram que o Pentágono queria retomar as operações para voltar à luta contra o grupo extremista Estado Islâmico (EI).

Washington deteve as operações em 5 de janeiro, dois dias depois do ataque que matou o general iraniano Qassem Soleimani no aeroporto de Bagdá.

Nesse mesmo dia, legisladores iraquianos votaram para expulsar os mais de 5.000 militares americanos estacionados no Iraque.

O "Times" indicou que não estava claro se alguém dentro do governo iraquiano havia autorizado a retomada das operações conjuntas.

Ao ser contactado pela AFP, o Pentágono disse não ter informações para comunicar a respeito de uma retomada das operações.

Na segunda-feira, o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, comentou que os líderes iraquianos lhe haviam dito, de modo reservado, que apoiam a presença americana, apesar de seus apelos públicos por uma saída.

"Não vão dizer isso publicamente, mas, de maneira privada, todos dão as boas-vindas ao fato de os Estados Unidos continuarem lá, com sua campanha antiterrorista", disse Pompeo, na Universidade de Stanford.



Outras coberturas especiais


Russia Docs

Russia Docs

Última atualização 21 FEV, 21:40

MAIS LIDAS

Crise