COBERTURA ESPECIAL - Crise Militar - Defesa

20 de Março, 2019 - 21:55 ( Brasília )

Crise Militar - INFORMEX 10 - Sistema de Proteção Social dos Militares


s

Comando do Exército
Centro de Comunicação Social do Exército

INFORMAR E ESCLARECER É DEVER DO COMANDO

INFORMEX NR 010-DE 19 DE MARÇO DE 2019


DISTRIBUIÇÃO: TODAS AS ORGANIZÕES MILITARES
DIFUSÃO:           TODOS OS MILITARES
ASSUNTO:      SISTEMA DE PROTEÇÃO SOCIAL DOS MILITARES DAS FORÇAS ARMADAS


A respeito de mensagens veiculadas nas mídias
eletrônicas acerca da reestruturação da carreira e do Sistema de Proteção Social dos Militares das Forças Armadas, incumbiu-me o Sr Comandante do Exército de transmitir à Força o que se segue:

1. O Exército Brasileiro prestará os esclarecimentos julgados necessários a respeito da reestruturação da carreira e do Sistema de Proteção Social dos Militares das Forças Armadas tão logo o Executivo entregue as propostas de alteração da legislação pertinente ao Congresso Nacional.

2. Os detalhes das propostas ainda estão sendo ajustados; logo, os dados que têm sido veiculados podem estar imprecisos ou incompletos.

3. O conjunto das propostas observa as peculiaridades da carreira, corrige distorções da MP 2215 (de 2001), mantém a paridade e a integralidade dos vencimentos, reconhece a meritocracia e impõe sacrifícios, indistintamente,a oficiais e praças.

4. A abordagem distorcida e equivocada deste tema, além de inoportuna e atentatória aos preceitos da hierarquia e da disciplina, provoca especulações e dificulta a manutenção do equilíbrio necessário para as tratativas que estão sendo empreendidas.


Gen Div RICHARD FERNANDEZ NUNES
Chefe do Centro de Comunicação Social do Exército

"CENTENÁRIO DA MISSÃO MILITAR FRANCESA NO BRASIL, 1919/1940: VETOR DEPROFISSIONALIZAÇÃO EM NOSSO EXÉRCITO"



Nota DefesaNet

Embora dirigida oficialmente ao "público interno" o INFORMEX 10, tem um alvo direto. Trata-se do Presidente da Câmara dos Deputados, o Deputado Federal Rodrigo Maia (DEM/RJ).

Suas declarações ofensivas aos militares na tard de terça-feira, após o sucesso da visita do Presidente Bolsonaro à Washington DC.

Durante a quarta-feira o Deputado Maia, agora conhecido pela alcunha de "Bolinha" estava amuado com as reações contrárias às suas declarações ofensivas ao militares e tentava chantagear o Presidente Jair Bolsonaro em desmoralizar a entrega das propostas da Previdência Social Civil e Militar.

O Editor


Matérias Relacionadas

 

MAIA - Militares chegaram no finalzinho da festa 19 Março 2019 Link

 




 

Crise Militar - Reestruturação de carreira militar provoca divisão entre cúpula e base Link



VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Especial Espaço

Especial Espaço

Última atualização 19 ABR, 18:20

MAIS LIDAS

Crise Militar