COBERTURA ESPECIAL - Crise Militar - Defesa

04 de Agosto, 2017 - 10:50 ( Brasília )

CRE vai debater aumento do orçamento das Forças Armadas


Sergio Vieira O presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), Fernando Collor (PTC-AL), comunicou durante a reunião desta quinta-feira (3) que serão realizadas, em datas a serem definidas, audiências públicas com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, e outras autoridades da equipe econômica, para tratar de incrementos orçamentários para as Forças Armadas.

A iniciativa nasce a partir de audiências já realizadas durante o primeiro semestre com os comandantes das três forças, e para Collor ganha mais urgência a partir da atuação das Forças Armadas para a garantia da lei e da ordem no Rio de Janeiro, prevista para se encerrar no fim do ano que vem.

O presidente da CRE acrescenta que uma condição fundamental para que a atuação das Forças Armadas no Rio seja bem sucedida é aumentar a fiscalização nas fronteiras, por onde penetram as armas e drogas que alimentam a indústria em torno do crime organizado e do narcotráfico.

O que exigirá um incremento orçamentário, salientou. Outro ponto alertado pelo senador é a "premente necessidade" de se estabelecer um novo estamento jurídico "mais adequado e pertinente" ao emprego das Forças Armadas como está sendo feito no Rio de Janeiro. - Para evitar que no estrito cumprimento da missão constitucional e profissional se vejam sujeitos a uma legislação que não atende nem considera as peculiaridades deste emprego eventual, episódico e temporário - frisou o presidente da CRE, acrescentando que tanto no Senado quanto na Câmara já tramitam propostas com este objetivo.

Collor manifestou ainda seu apoio à presença das Forças Armadas no Rio de Janeiro, devido à situação de "total colapso" do sistema de segurança pública existente hoje naquele estado. Acredita que será uma ação inicial visando a retomada do controle por parte das forças convencionais após a superação da crise financeira.

Leia também:  

Comandante critica cortes no orçamento do Exército [Link]


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Guarani

Guarani

Última atualização 17 AGO, 11:50

MAIS LIDAS

Crise Militar