COBERTURA ESPECIAL - Expansão Chinesa - Aviação

24 de Novembro, 2015 - 12:10 ( Brasília )

Grupo chinês compra 23,7 por cento da Azul


A companhia brasileira Azul Linhas Aéreas anunciou nesta terça-feira a venda de 23,7% de seu pacote acionário ao grupo chinês HNA, por 1,7 bilhão de reais (456 milhões de dólares).

A operação permitirá à terceira maior companhia aérea do Brasil - de capital fechado - fortalecer o caixa, renovar a frota, amortizar dívidas e abrir uma porta no mercado asiático, afirma a empresa em um comunicado.

"O investimento de 1,7 bilhão de reais no atual cenário do Brasil demonstra que temos um modelo de negócios de sucesso e que o HNA Group, em sua condição de investidor de grande escalam tem confiança na equipe da Azul. Além disso, coloca nossa empresa como a mais valiosa do mercado aéreo brasileiro com um valor de mais de 7 bilhões de reais (1,877 bilhão de dólares)", disse Antonoaldo Neves, presidente da empresa.

A Azul foi criada em 2008, conta com 138 aviões em serviço e tem uma participação de mercado de 17% no país, segundo a empresa. A companhia opera quase exclusivamente no Brasil, mas tem alguns voos para Estados Unidos, Guiana Francesa e Uruguai.

"É uma oportunidade única para investir na América Latina", afirmou Adam Tan, presidente do HNA Group.



Outras coberturas especiais


OTAN

Última atualização 17 JAN, 11:00

MAIS LIDAS

Expansão Chinesa