COBERTURA ESPECIAL - Expansão Chinesa - Geopolítica

17 de Agosto, 2015 - 10:00 ( Brasília )

Operação Fox Hunt - EUA advertem China

Agentes secretos chineses estariam operando nos Estados Unidos para pressionar expatriados a voltarem ao país. "Operação Fox Hunt" faz parte de uma campanha global de busca por fugitivos políticos e econômicos da China.

O governo americano fez uma advertência a Pequim em relação a agentes que estariam trabalhando disfarçados para o Ministério da Segurança Pública da China, a fim pressionarem expatriados a voltarem ao país.

Os agentes entraram nos Estados Unidos com vistos de negócios ou turismo e usam táticas diversas para coagirem os imigrantes. A informação é do jornal The New York Times.
 

<script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> 

 

Os alvos da chamada Operação "Fox Hunt" (Caça à Raposa, em tradução livre) são supostos fugitivos. Pequim também teria o objetivo de recuperar recursos vinculados a atividades criminosas.

Mais de 930 suspeitos foram repatriados no ano passado pela China no âmbito da operação, de acordo com um relatório do ministério chinês da Segurança Pública.

O NYT publicou que o Departamento de Estado americano alertou a China nas últimas semanas para encerrar as atividades desses agentes – as quais incluem ameaças contra os parentes dos imigrantes na China.

Algumas das pessoas que têm sido caçadas são procuradas por denúncias de corrupção. Outros são suspeitos de crimes políticos.

A China e os Estados Unidos não têm acordo de extradição. O presidente chinês, Xi Jinping, deve fazer a sua primeira visita aos Estados Unidos em setembro.



Outras coberturas especiais


PM

Última atualização 26 FEV, 11:30

MAIS LIDAS

Expansão Chinesa