COBERTURA ESPECIAL - Brasil - EUA - Naval

18 de Setembro, 2018 - 11:40 ( Brasília )

Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais proporciona intercâmbio a Aspirantes Fuzileiros Navais da Escola Naval


A Marinha do Brasil, por meio do Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN), proporcionou, de forma pioneira, um intercâmbio nos Estados Unidos da América ao primeiro e ao segundo colocado do último ano da Escola Naval, respectivamente, Aspirante (FN) Henriques e Aspirante (FN) Torres.

A visita foi realizada de 27 a 31 de agosto e teve suas principais atividades desenvolvidas nas cidades de Washington, capital e distrito federal dos EUA, Annapolis, em Maryland, e Quantico, na Virgínia.

Durante a visita, os Aspirantes tiveram a oportunidade de conhecer a Base do United States Marine Corps (USMC) em Quantico, a Marine Corps University, o Museu do USMC, o Marine Corps Combat Development Command e a The Basic School, onde é conduzido o curso equivalente ao Curso de Aperfeiçoamento em Guerra Anfíbia e Expedicionária.

Na cidade de Annapolis, exploraram as instalações da United States Naval Academy e receberam orientações sobre os principais aspectos que permeiam a formação dos Aspirantes que escolhem seguir suas carreiras nas fileiras do USMC, o Corpo de Fuzileiros Navais americano.

Em Washington, além de se apresentarem ao Adido Naval, Contra-Almirante Pinto Homem, foram recebidos na Comissão Naval Brasileira, na Junta Interamericana de Defesa e realizaram um passeio turístico no National Mall, onde visitaram os principais monumentos da capital norte-americana.

O intercâmbio, que será mantido para os próximos anos, teve como propósito ampliar o conhecimento sobre as atividades profissionais e as oportunidades de carreira existentes para os jovens oficiais fuzileiros navais.

De acordo com o Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Almirante de Esquadra (FN) Alexandre José Barreto de Mattos, a experiência é uma das maneiras de enriquecer a carreira naval dos novos oficiais do CFN e aumentar a percepção das demandas contemporâneas que envolvem a formação dos futuros combatentes anfíbios da Marinha do Brasil.

“O Corpo de Fuzileiros Navais vem trabalhando para investir na Liderança dos oficiais que ingressarão no Corpo, reconhecendo, desde cedo, os critérios baseados na Meritocracia”, destacou.

Os Aspirantes tiveram a oportunidade de conhecer diversas organizações militares do USMC


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


PROSUB S40

PROSUB S40

Última atualização 14 DEZ, 12:45

MAIS LIDAS

Brasil - EUA