COBERTURA ESPECIAL - Brasil - Suécia - Aviação

25 de Abril, 2018 - 10:30 ( Brasília )

Saab vai instalar fábrica de componentes no bairro Cooperativa em São Bernardo


Émerson Bezerra¹


O bairro Cooperativa em São Bernardo, área conhecida por abrigar um polo de empresas, sediará a nova fábrica de componentes da Saab. O lançamento da pedra fundamental do empreendimento ocorrerá no dia 9 de maio, a partir das 14h. A informação foi confirmada pela diretoria de comunicação da Saab, que por hora, não revela mais detalhes sobre a nova empreitada.

A sueca é a fabricante do avião-caça Gripen, que substituirá a frota de 36 aeronaves da FAB (Força Aérea Brasileira) entre 2019 e 2024. A empresa confirma que o engenheiro Marcelo Lima será o diretor geral da SAM (Saab Aeronáutica Montagens), que funcionará em São Bernardo. No dia do evento, o executivo fará uma apresentação sobre os planos da unidade e vai detalhar o funcionamento e como será a planta do empreendimento.

De acordo com informações obtidas pelo RD, o chefe da unidade de negócios Gripen Brasil na Saab, Mikael Franzén, também estará presente. Na oportunidade o executivo vai detalhar e explicar como anda o Programa Gripen NG, realizado em parceria entre os dois países.

Em outubro do ano passado a Saab havia anunciado que a empresa se instalaria em São Bernardo, sem revelar o local. Na oportunidade anunciou Lima como diretor da SAM e ressaltou que estava em processo de seleção do imóvel e fase final de recrutamento de profissionais. Na época o engenheiro afirmou que “o programa Gripen é um divisor de águas para o setor de defesa no Brasil. Tenho a honra de participar de um projeto tão importante para a indústria brasileira”.

O ex-prefeito de São Bernardo Luiz Marinho (PT), pré-candidato ao governo do Estado, foi um dos defensores da aquisição do modelo Gripen quando chefiava o Executivo da cidade. Na ocasião, em 2011, chegou inclusive viajar para a Suécia com objetivo de estreitar relações para o desenvolvimento local.

O gestor relata que a condição para defender a empresa sueca foi consolidada com o compromisso de realização de investimentos no município. O presidente do PT estadual avalia que a chegada do empreendimento em São Bernardo é importante para o Estado e o País, pois gera conhecimento e um conjunto de benefícios agregados.

“Um dos resultados foi a criação do Cisb (Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro) e também o compromisso de montar uma fábrica de componentes do Gripen em São Bernardo. Fico feliz que estão cumprindo. Gerar empregos sempre foi uma obsessão para nós”, observa Marinho.

O RD também procurou o atual prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), para falar sobre importância do lançamento da pedra fundamental da Saab para a cidade. A assessoria de imprensa do Paço alega que o chefe do Executivo ainda não tem informação oficial sobre a realização do evento, mas se manifestará no momento oportuno.

Em julho do ano passado Morando retomou o diálogo com representantes suecos visando a retomada do projeto, oportunidade em que conversou sobre o assunto, em seu gabinete, com o diretor da empresa, Bengt Janér. Depois disso, esteve em Brasília em agenda oficial com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, e com o secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa, Flávio Augusto Corrêa Basilio, além de representantes das Forças Armadas.

SAM – A Saab Aeronáutica Montagens será responsável por produzir aeroestruturas, como cone de cauda, freios aerodinâmicos, asas, fuselagem dianteira (tanto da versão monoposto quando da biposto) e fuselagem traseira para os caças Gripen da Força Aérea Brasileira. A SAM iniciará suas operações empregando 55 profissionais diretos, número que deverá crescer nos próximos anos.

A Saab alega que escolheu São Bernardo por conta de sua longa tradição em receber empresas suecas. A cidade é conhecida pela qualidade de sua força de trabalho industrial e está perto de universidades, indústrias e centros de pesquisa. Além disso também ressalta a importância estratégica em termos de logística, tendo em vista o fácil acesso da cidade aos portos, aeroportos, rodovias, ao polo aeronáutico de São José dos Campos e ao Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen (GDDN) em Gavião Peixoto, São Paulo, onde os caças Gripen para o Brasil serão montados.


¹REPÓRTER DIÁRIO (SP) - Via Notimp / Agência Força Aérea - FAB



Outras coberturas especiais


Dossiê EMBRAER

Dossiê EMBRAER

Última atualização 15 JUL, 18:00

MAIS LIDAS

Brasil - Suécia