COBERTURA ESPECIAL - Base Industrial Defesa - Defesa

11 de Outubro, 2019 - 12:05 ( Brasília )

Defesa participa de fórum internacional de investimentos na capital paulista


Lane Barreto

A abertura da terceira edição do Fórum de Investimentos Brasil 2019 (BIF- sigla em inglês) foi realizada pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, na manhã desta quinta-feira (10), em São Paulo. Até sexta-feira (11), o evento apresenta a investidores estrangeiros oportunidades de negócios em setores como defesa, economia, infraestrutura, energia, agronegócio, tecnologia e inovação.

Para o Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, o Brasil segue com excelentes perspectivas para o futuro, algumas delas materializadas pelos Projetos Estratégicos das Forças Armadas. “Em setembro, entregamos a primeira aeronave KC-390, parceria entre a Força Aérea Brasileira e a Embraer. Também tivemos a entrega da primeira aeronave brasileira Gripen, pela empresa sueca SAAB, um salto tecnológico na aviação de caça e exemplo de colaboração na transferência de tecnologias”, destacou.

“ No setor naval, teremos amanhã, no Rio de Janeiro, a integração do Submarino Humaitá como parte do Programa de Desenvolvimento de Submarinos da Marinha do Brasil”, acrescentou o Ministro Fernando. Além dos Presidentes do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Luis Alberto Moreno, e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Sergio Segovia, participaram da cerimônia de abertura os Ministros da Casa Civi, Onyx Lorenzoni; das Relações Exteriores, Ernesto Araújo; da Economia, Paulo Guedes; da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Dias; da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas; e da Ciência Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes; o Chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno; e o Comandante da Força Aérea Brasileira, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Bermudez.

“O Brasil tem reservas minerais, biodiversidade e riquezas naturais. Temos tudo para ser a nação dos sonhos de todos nós e queremos repartir isso com vocês, com os senhores que estão acreditando no Brasil”, ressaltou em discurso o Presidente Bolsonaro.

Membros de cerca de 45 países e de 37 setores da economia mundial acompanham as atividades realizadas nos dois dias do evento.

Pela tarde, o Ministro Fernando Azevedo realizou a abertura do painel “Inovação em negócios de Defesa: rompendo paradigmas”, o qual teve como moderador o Secretário de Produtos de Defesa, Marcos Degaut.
Na abertura do painel, o Ministro da Defesa reforçou que o fórum tem a finalidade de gerar “oportunidades de investimento e parcerias” em setores estratégicos, inclusive para Defesa. “Nosso compromisso é criar oportunidades”, declarou.



Participaram das discussões a Presidente da Boeing América Latina, Donna Hrinak, o Diretor de Financiamentos à Exportação das Américas do Banco Société Générale, Fabrício Miranda, o Vice-Presidente Senior do Grupo Saab, Jonas Hjelm, o Vice-Presidente Comercial da Avibras Indústria Aerospacial S/A, Leandro Villar, Presidente e CEO da Tu?as Engine Industries, Mahmut Aksin e Vice-presidente Global de Vendas da Embraer Defesa e Segurança, Fernando Queiroz.

Responsável pela geração de milhares de empregos, a indústria de defesa é um setor importante para a economia, além de ser estratégica para garantir a soberania do território nacional.

De acordo com levantamento realizado neste ano, pela Secretaria de Produtos de Defesa (SEPROD) do Ministério da Defesa (MD), mais de mil empresas integram a Base Industrial de Defesa (BID) no Brasil. Somente as 107 empresas cadastradas no MD como sendo de Defesa (ED) ou Estratégica de Defesa (EED) são responsáveis, atualmente, pela geração de mais de 285 mil empregos diretos e 850 mil indiretos.

Até julho deste ano, dados da SEPROD mostram que o Brasil autorizou mais de US$ 937 milhões em exportações de itens da Base Industrial de Defesa, valor equivalente ao autorizado em todo o ano de 2018. Estima-se que a eliminação dos gargalos do setor possa, no curto prazo, resultar em índices anuais de exportação superiores a US$ 3 bilhões.

O Fórum de Investimentos Brasil 2019 foi promovido pela Apex-Brasil, Banco Interamericano de Desenvolvimento, ministérios da Economia e das Relações Exteriores
.

Fotos: Guilherme Martimon/MAPA e Lane Barret



Outras coberturas especiais


BRICS

BRICS

Última atualização 12 NOV, 13:40

MAIS LIDAS

Base Industrial Defesa