COBERTURA ESPECIAL - Base Industrial Defesa - Aviação

18 de Outubro, 2017 - 08:00 ( Brasília )

FAB celebrou (17/10) o Dia da Indústria Aeronáutica Brasileira

A data comemora o voo inaugural do Muniz M-7, em 1935

A Força Aérea Brasileira (FAB) celebrou, nesta terça-feira (17/10), o Dia da Indústria Aeronáutica Brasileira. A data comemora o voo inaugural do Muniz M-7, em 1935.

Projetado em 1934, o monomotor utilizado para treinamento de pilotos era capaz de fazer acrobacias, tinha dois assentos e foi o primeiro modelo de avião a ser fabricado em série no Brasil.

O avanço das tecnologias no setor aéreo tem trazido desenvolvimento para a Indústria Aeronáutica do nosso País e para a Força Aérea Brasileira.

Atualmente, o caça Gripen NG e a aeronave militar multimissão KC-390 fazem parte do projeto de reaparelhamento e, de acordo com o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, contribuem para elevar a capacidade operacional da FAB em suas ações de controlar, defender e integrar o Brasil.

“No caso das aeronaves citadas, o KC-390 será a espinha dorsal da nossa Aviação de Transporte e terá um papel fundamental para os mais diversos projetos do Estado brasileiro, da pesquisa científica à manutenção da soberania.

Essa aquisição, aliada à do Gripen NG, aprimora nossas capacidades operacionais e fortalece os alicerces necessários para a garantia da soberania do espaço aéreo brasileiro”, afirma o Comandante.

Nesse contexto, começou hoje (17/8), em São Paulo (SP), o II Encontro Internacional sobre Financiamento a Projetos de Defesa, realizado pela Diretoria de Economia e Finanças da Aeronáutica (DIREF) - unidade da Força Aérea Brasileira.

O evento reúne instituições governamentais e entidades do setor privado e acadêmico para debater formas de financiamento a projetos de defesa. Confira aqui a programação do evento.


 


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Crise

Crise

Última atualização 20 NOV, 12:35

MAIS LIDAS

Base Industrial Defesa