COBERTURA ESPECIAL - Boeing Brasil - Aviação

22 de Janeiro, 2020 - 22:10 ( Brasília )

Declaração da Boeing sobre a retomada da operação do 737 MAX

Retomar a operação do MAX com segurança é a nossa principal prioridade e estamos confiantes de que isso acontecerá.



CHICAGO, 21 de janeiro de 2020 – Como já enfatizamos, a FAA e outras agências reguladoras globais vão determinar quando o 737 MAX retomará a operação. No entanto, para ajudar nossos clientes e fornecedores no planejamento de suas operações, periodicamente fornecemos a nossa melhor estimativa de quando as agências reguladoras começarão a autorizar a operação do 737 MAX.

Estamos informando nossos clientes e fornecedores que atualmente estamos estimando que a retomada da operação do 737 MAX começará em meados de 2020. Essa estimativa atualizada tem com base nossa experiência com o processo de certificação. Ela está sujeita às nossas tentativas contínuas para abordar riscos conhecidos do cronograma e desenvolvimentos adicionais que possam surgir em conexão com o processo de certificação.

Ela também explica o rigoroso exame que as autoridades reguladoras estão aplicando devidamente em todas as etapas de sua análise do sistema de controle de voo do 737 MAX e do processo do Joint Operations Evaluation Board (Conselho Conjunto de Avaliação de Operações) que determina os requisitos de treinamento dos pilotos.

Retomar a operação do MAX com segurança é a nossa principal prioridade e estamos confiantes de que isso acontecerá. Reconhecemos e lamentamos as dificuldades contínuas que a paralisação do 737 MAX provocou para nossos clientes, reguladores, fornecedores e passageiros. Forneceremos informações adicionais sobre nossos esforços para retornar a operação do MAX com segurança, junto com nossas divulgações financeiras trimestrais na próxima semana.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


ONU

ONU

Última atualização 29 MAI, 13:50

MAIS LIDAS

Boeing Brasil