14 de Fevereiro, 2020 - 11:25 ( Brasília )

Aviação

SEFA e DIREF recebem novos Vice-Secretário e Diretor

Cerimônia alusiva às transmissões dos cargos foi realizada nesta quarta-feira (12), no Espaço Força Aérea, em Brasília (DF)

Ten Raquel Alves E  Tenente-Coronel Santana

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou, nesta quarta-feira (12/02), a cerimônia militar alusiva às transmissões dos cargos de Vice-Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica, do Major-Brigadeiro do Ar João Tadeu Fiorentini ao Major-Brigadeiro do Ar José Augusto Crepaldi Affonso, e de Diretor de Economia e Finanças da Aeronáutica, do Major-Brigadeiro do Ar Marcos Vinicius Rezende Mrad ao Major-Brigadeiro do Ar Luiz Ricardo de Souza Nascimento. A solenidade, realizada no Espaço Força Aérea, em Brasília (DF), foi presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, que foi recebido pelo Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno.

Participaram, ainda, do evento o Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira; o Comandante de Preparo, Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar; o Presidente da Fundação Habitacional do Exército, General de Exército Araken de Albuquerque, além de Oficiais-Generais do Exército Brasileiro e da Aeronáutica, Comandantes, Chefes e Diretores de Organizações Militares e convidados.

Durante a cerimônia, o Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro Damasceno, parabenizou os Oficiais-Generais pela assunção dos novos cargos. “Sinto-me tranquilo por saber que, ao meu lado, terei valiosos e competentes líderes, que conduzirão suas esquadrilhas com maestria e ajudarão a escrever mais um capítulo empreendedor na história da Secretaria de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica”, disse.

Os Majores-Brigadeiros substituídos destacaram, em seus discursos, o apoio e dedicação prestados pelos efetivos. "Manifesto meu reconhecimento a cada um dos integrantes da Diretoria de Economia e Finanças da Aeronáutica (DIREF), não só pela incansável dedicação e extrema lealdade, como também pela assessoria invariavelmente precisa e oportuna", disse o Major-Brigadeiro Mrad, que foi designado para assumir a Diretoria de Ensino da Aeronáutica (DIRENS). "Pude contar com pessoas dedicadas e inteligentes para defender as peculiaridades da carreira militar, os interesses do Comando da Aeronáutica (COMAER) e os anseios de nossa tropa", salientou o Major-Brigadeiro Fiorentini, atual Chefe de Logística do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (CHELOG).

Desafios

O Major-Brigadeiro do Ar Luiz Ricardo de Souza Nascimento, que assume a DIREF, salientou a satisfação pessoal e profissional em poder assumir a nova função. “Esse cargo é muito importante para a FAB, pois trabalhamos em prol da missão da Força Aérea”, declarou.

O novo Diretor de Economia e Finanças da Aeronáutica é natural da cidade de Irapuru, São Paulo (SP). Foi declarado Aspirante a Oficial Aviador em 12 de dezembro de 1987 e promovido ao atual posto em 25 de novembro de 2019. Possui todos os cursos acadêmicos e operacionais de carreira e, ainda: Especialização em Telecomunicações; Desenvolvimento Gerencial; MBA em Gestão Empresarial; MBA em Desenvolvimento Avançado de Executivos; Sistema de Gerenciamento da Segurança Operacional; MBA em Política e Estratégia e Auditor do Programa de Segurança Operacional.

Dentre as principais funções exercidas estão: Chefe da Assessoria de Segurança do Controle do Espaço Aéreo, Chefe do Subdepartamento de Operações do DECEA, Comandante do Quarto Esquadrão do Primeiro Grupo de Comunicações e Controle (4º/1ºGCC); Comandante do Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA II) e do Centro de Aquisições Específicas (CAE). Possui mais de 3.000 horas de voo e já recebeu 15 condecorações nacionais.

O Major-Brigadeiro do Ar José Augusto Crepaldi Affonso, que assume o cargo de Vice-Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica, disse que as expectativas para a função são as melhores possíveis. “Estar nesse cargo é poder contribuir ainda mais para o crescimento da Força Aérea”, completou.

O Oficial-General é natural de São Paulo (SP). Foi declarado Aspirante a Oficial Aviador em 12 de dezembro de 1984 e promovido ao atual posto em 31 de março de 2017. Possui todos os cursos de carreira e, ainda: MBA em Gestão de Processos e Básico de Inteligência para Oficiais, Bacharel em Direito e Especialização em Direito Público.

Dentre as principais funções exercidas estão: Chefe do Grupo de Acompanhamento e Controle Junto à Empresa Airbus Military, na Espanha, Chefe do Estado-Maior do Comando-Geral de Apoio, Presidente da Comissão Coordenadora do Programa Aeronaves de Combate (COPAC) e Diretor do Departamento de Produtos e Defesa do Ministério da Defesa. Possui cerca de 4.200 horas de voo e já recebeu 15 condecorações nacionais.

Fotos: Soldado Wilhan Campos/CECOMSAER