10 de Outubro, 2019 - 11:00 ( Brasília )

Aviação

Cerimônia marca os 78 anos de criação do Estado-Maior da Aeronáutica

Solenidade presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro Bermudez, homenageou militares do efetivo do EMAER

Tenente Jonathan Jayme E Tenente-Coronel Santana

O Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER) realizou, nesta sexta-feira (09), em Brasília (DF), a cerimônia militar alusiva ao seu 78° aniversário de criação. A solenidade, presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro Antonio Carlos Moretti Bermudez, foi marcada por homenagens ao efetivo da Organização Militar e a personalidades civis, além da leitura da Ordem do Dia pelo Chefe do EMAER, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira.

Participaram do evento, ainda, os Ministros do Superior Tribunal Militar Tenente-Brigadeiro do Ar Francisco Joseli Parente Camelo e Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Vuyk de Aquino; o Comandante de Operações Aeroespaciais, Tenente-Brigadeiro do Ar José Magno Resende de Araújo; o Chefe de Operações Conjuntas do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior; o Comandante-Geral do Pessoal da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Luis Roberto do Carmo Lourenço; os ex-Chefes do EMAER: Tenente-Brigadeiro Cherubim Rosa Filho, Tenente-Brigadeiro Marcus Herndl, Tenente-Brigadeiro José Marconi de Almeida Santos, Tenente-Brigadeiro Astor Nina de Carvalho Neto, Tenente-Brigadeiro Sérgio Pedro Bambini, Tenente-Brigadeiro Paulo Roberto Rohrig Britto, Tenente-Brigadeiro Cleonilson Nicácio Silva e Tenente-Brigadeiro Hélio Paes de Barros Júnior; e Oficiais-Generais da Aeronáutica.

Na Ordem do Dia, o Chefe do EMAER falou sobre a amplitude dos temas e das ações sob responsabilidade da Organização e destacou que o processo que envolve desde o planejamento até a supervisão e avaliação exige atuações efetivas para mensuração de resultados, estabelecendo métricas e fazendo os ajustes devidos. “Diante da abrangência da nossa Missão, bem como da relevância de nossas atribuições, não há dúvidas que é necessário ter um capital humano competente, capacitado e motivado”, discursou.

O Chefe do EMAER entregou o título de Membro Honorário da Força Aérea Brasileira, que tem por objetivo prestar homenagem a cidadãos e cidadãs que, por sua atividade e interesse pelos assuntos da Força Aérea Brasileira, cooperam com as Organizações do Comando da Aeronáutica. A Coordenadora-Geral de Gestão de Processos e Contratos do Departamento de Investimentos da Secretaria Nacional De Aviação Civil, Juliana da Silva Castro Nunes, e o Gerente Sênior do Setor de Estratégia de Novos Negócios da Embraer Defesa e Segurança, Ângelo Naressi Marcon de Carvalho, foram agraciados.

Integrantes do efetivo da Organização, que se destacaram ao longo do ano, foram homenageados com o certificado de Graduado, Praça e Servidora Civil Padrão. Também foi feita a entrega da Medalha Legião ao Mérito Confraternidade Aérea Interamericana do Sistema de Cooperação das Forças Aéreas Americanas (SICOFAA) e da Medalha Militar por tempo de serviço.

EMAER

O Estado-Maior da Aeronáutica foi criado pelo Decreto-Lei nº 3.730, de 18 de outubro de 1941, com a finalidade de elaborar o planejamento, de mais alto nível, para o cumprimento da missão da Aeronáutica, assessorar o Comandante da Aeronáutica no exercício das atribuições inerentes ao seu cargo e coordenar as ações que envolvam os Órgãos de Direção Setorial. Por ser um Órgão de Direção-Geral, compete ao EMAER estudar e propor soluções que levem ao emprego eficaz do poder aeroespacial, visando a garantir a soberania do espaço aéreo brasileiro.

Fotos: Soldado Thallys Amorim / CECOMSAER