30 de Setembro, 2019 - 10:45 ( Brasília )

Aviação

Brasil é reeleito para o Grupo I da OACI durante a 40ª Assembleia


Neste sábado, 28/09, o Brasil foi eleito para compor novamente o Grupo I do Conselho da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) para o triênio 2020-2023.

A votação ocorreu durante a 40ª Assembleia da OACI, em Montreal (Canadá), e o Brasil foi o quarto país mais votado, recebendo 157 votos dos 168 países presentes, ficando atrás apenas de China, Itália e Japão. O Grupo é formado por 11 países representando o sistema da aviação mundial. A 40ª Assembleia da OACI teve início em 24 de setembro e segue até o dia 4 de outubro.

A escolha do Brasil durante a 40ª Assembleia assegura a continuidade do país no corpo executivo da OACI e preserva a capacidade de influência brasileira nos principais temas da aviação civil internacional.

A Delegação brasileira que participa da votação é composta por representantes do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) da Força Aérea Brasileira (FAB), além do Ministério de Relações Exteriores (MRE), da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e da Polícia Federal, dentre outros.

O Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, falou sobre a importância da reeleição do país no Grupo I da OACI. “Cumprindo uma tradição desde a criação da Organização da Aviação Civil Internacional, o Brasil foi, hoje, novamente reeleito. Este é um Grupo muito importante e com grande significado. Somente 11 países dos 193 que compõem a OACI fazem parte deste Grupo. Por isso, digo que é um orgulho para nós, um reconhecimento pelo trabalho que a Força Aérea Brasileira (FAB) vem realizando ao longo desses anos”, afirmou.



A OACI, também conhecida por sua sigla em inglês ICAO - International Civil Aviation Organization, é uma agência especializada das Nações Unidas. A Assembleia é convocada a cada três anos pelo Conselho da Organização com o objetivo de estipular as diretrizes a serem seguidas pela OACI no triênio seguinte, decidir sobre matérias encaminhadas pelo Conselho, revisar trabalhos técnicos, legais, econômicos e administrativos da Organização.



ÚLTIMAS

Aviação

MAIS LIDAS