01 de Maio, 2018 - 18:20 ( Brasília )

Aviação

Caso Familiar leva oficial FAB à detenção

Após ameaçar mulher, tenente-brigadeiro-da-aeronáutica fica dentido em alojamento da Ala 1 (BSB)


Isadora Teixeira
Site Metrópoles
30 Abril 2019


A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi acionada após um tenente-brigadeiro da reserva da Aeronáutica, posto mais alto na hierarquia da Força Aérea Brasileira, ameaçar e tentar invadir o apartamento de uma mulher na noite deste sábado (28/4). O caso ocorreu na 106 Sul. Aparentemente alterado, Dirceu Tondolo Nôro esbravejou palavras de ódio contra a vítima e vizinhos. Após cerca de uma hora de discussão, o oficial foi conduzido à 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul).

Segundo os PMs que atenderam a ocorrência, a mulher não estava em casa. Mesmo assim, ele a chamou de “galinha” e disse que iria “quebrar a cara dela”, além de “ensiná-la” a “respeitar homem”. Em frente à câmera de uma vizinha, o tenente-brigadeiro se irritou e declarou: “Eu nunca bati naquela mulher porque não quis”. Descontrolado, ele quebrou um jarro e danificou a porta do imóvel com chutes.
 
De acordo com a PMDF, ele deve ser autuado por perturbação à ordem pública, crime previsto no artigo 42 da Lei de Contravenções Penais e que prevê pena de 15 dias a três meses, além de multa.

Ao Metrópoles, a assessoria da Força Aérea Brasileira disse que o oficial foi levado à Ala 1, antiga Base Aérea de Brasília, e seguirá à disposição para os desdobramentos do caso. Ele se encontra em um alojamento.
 
Nota DefesaNet

A publicação desta matéria é triste para DefesaNet que conviveu profissionalmente com o Brigadeiro Noro. Os percalços da vida são muitos e também atingem oficiais-generais.

As matérias originais têm sido retiradas do site Metrópoles.

https://www.metropoles.com/distrito-federal/oficial-da-aeronautica-ameaca-agredir-mulher-e-pm-e-chamada